29 de abr de 2010

Desabafo

Apesar de ser jovem e muitas vezes considerada inexperiente por muitas pessoas, eu comecei cedo a levar a vida a sério. Fiz minha faculdade, terminei ela grávida, tive uma separação dolorosa, fui mãe solteira, virei editora-chefe do jornal que meu pai entregou na minha mão para administrá-lo, fiz minha pós-graduação e penso no meu mestrado pra breve.

É muito difícil falar da gente mesmo, ainda mais quando somos uma pessoa muito crítica, e eu sou uma pessoa muito crítica apesar de me relacionar fácil com as pessoas, eu sempre acho que eu poderia fazer melhor do que eu fiz, quero sempre dar o melhor de mim e odeio ser comparada com outras pessoas e ser julgada de não dar conta do recado por não ter 40 anos de profissão e cabelos brancos. Por eu estar sempre cobrando muito de mim mesma eu sempre acho que eu não fiz o suficiente pra alcançar o meu sucesso, mas agora eu descobrir que eu fiz.

Fui convidada pra assumir um trabalho que sempre foi o meu grande sonho. Apesar de ainda não poder falar abertamente o que é porque tem várias pessoas envolvidas e por ainda ser um convite, o meu grande sonho está mais perto de minha realidade do que eu pudesse imaginar a uns dias atrás. Mas como profissional, sinto como se eu tivesse subido a escada a cada três degrais ao invés de degrau por degrau. Fiquei noites sem dormir tentando tomar uma decisão, deixar o meu sonho ou a minha realidade guiar o meu caminho e a minha vida? Será que como profissional que sou e prego, como uma pessoa que está sempre lendo e buscando por amadurecimento estaria agindo corretamente não subindo cada degrau de minha escada? E se o meu tombo for maior por não ter subido ela corretamente, conhecendo cada degrau que eu estou pisando?

Pois bem, não e fácil abrir mão de um sonho. Tantas pessoas sonham em ser famosas, em serem reconhecidas por algum trabalho ou outras estão sonhando neste momento em ter um trabalho qualquer e eu estou com a decisão de realizar um de meus sonhos beirando os meus 25 anos. Foi assim que decidi então adiar este meu sonho. Pode ser que eu perca a oportunidade de realizá-lo porque às vezes os sonhos são passageiros, mas pode ser que eu esteja amadurecendo o meu caminho para chegar até ele preparada e com isso, poderei enxergar o quanto a experiência me faz crescer como ser humano a cada dia.

Sonhar é bom desejar é muito bom, mas termos a maturidade e a consciência de que precisamos estar preparado para dar cada passo a frente é essencial na vida de qualquer profissional e de qualquer pessoa. Eu posso escolher viver só de sonhos ou eu posso escolher viver só de realidade.

Talvez em algum lugar do mundo exista alguém com a mesma dúvida que eu. Será que vale a pena investir tudo em um sonho mesmo você não estando preparada para agarrá-lo ou a cautela e a experiência valem muito mais para o seu amadurecimento de esperar que este sonho se mantenha vivo dentro de ti? Bom, vou continuar sonhando, mas vivendo a minha realidade.

Da sonhadora de pé no chão,
Mary Camata.

Já ouviu a mistura da banda Volantes?

Por @marycamata

Bom, eu como boa “fuçadora” de bandas na internet, estou sempre pescando algo novo (e bom) durante as minhas horas vagas pela rede. Em uma dessas horas de descobertas, encontrei a banda Volantes através do twitter (@volantes).

Logo após a vinda da banda gaúcha Superguidis para uma turnê pelo Norte e que foi um sucesso, fiquei com os ouvidos mais abertos para as “bandas” do Rio Grande do Sul. A banda porto-alegrense Volantes é uma das bandas mais diferentes que ouvi nos últimos tempos. Com um som muito marcante com uma mistura de “indie, new-wave, dance, eletrônico com rock”... alguém consegue imaginar essas misturas em uma banda só? Pois é, no começo achei que não virava... mas na Volantes virou e muito . A voz pesada do vocalista Arthur Teixeira causa um impacto com o som suave da banda. A banda foi recentemente indicada ao Prêmio Açorianos de Música, um dos prêmios de maior reconhecimento musical no Rio Grande do Sul.

O primeiro EP da banda, “Sobre Gostar e Esperar”, foi lançado no MySpace da banda em outubro de 2009 e já resultou mais de 80 mil views no site.
A banda recém retornou de sua primeira turnê no sudeste do Brasil, onde começou a despertar o interesse da crítica. Recentemente os Volantes abriu o show dos ingleses da banda Placebo em Porto Alegre, o que deu um grande destaque as bandas em vários jornais do país.

A minha dica de hoje é a banda Volantes. Ouça e conheça a mistura:

Banda Volantes:
Gravação no Trama Virtual

Saiba mais sobre a banda Volantes:
Myspace volantes

28 de abr de 2010

Nasi, ex-vocalista do Ira! fará show de encerramento da Campanha OAB Cidadania em Rondônia

Por @marycamata

O ex-vocalista da banda Ira, Nasi, estará no próximo sábado (01), em Ji-Paraná (RO) fazendo o show de encerramento do evento OAB Cidadania. Nasi que ajudou a fundar e a manter a banda Ira! por 26 anos, saiu da banda após diversas brigas com relação a contrato, dinheiro e questões familiares. Nasi não parou por aqui. Montou uma banda com antigos companheiros que integram o time de músicos que acompanham o músico em seus shows.
Nasi estará cantando músicas de sua carreira na banda Ira e também do seu álbum que será lançado ainda em 2010, o Vivo na Cena, primeiro disco solo após sua saída da banda Ira. Neste projeto, Nasi gravou músicas que fizeram parte de sua carreira musical dentro do Ira!, dos Irmãos do Blues (projeto do cantor nos anos 90), e dos Voluntários da Pátria, banda pós-punk importantíssima na história do underground brasileiro, além de regravações de artistas importantes do rock nacional como Raul Seixas e Cazuza, o album trará também músicas inéditas.
O novo disco tem participação de Marcelo Nova e da vocalista da banda paulistana Ludov, Vanessa Krongold. O primeiro cd solo de Nasi tem data prevista para ser lançado dia 10 de maio deste ano.

NASI EM JI-PARANÁ – De acordo com informações fornecidas pelo presidente da OAB de Ji-Paraná, Jacinto Dias e pelo vice-presidente da OAB de Ji-Paraná, Ivan Maquiavelli, a escolha do show do Nasi para encerramento do programa OAB Cidadania que irá mobilizar o estado de Rondônia e do Acre, foi devida a história de luta que o músico apresenta, além de sua importância dentro da música brasileira. “O Nasi traz uma imagem de luta e persistência, sendo uma imagem positiva para nós.”, disse o vice-presidente. O show acontecerá no clube AABB e a entrada é franca para convidados.

27 de abr de 2010

Amy Winehouse grava músicas inéditas após quatro anos

A cantora polêmica Amy Winehouse passou os últimos dias em estúdio gravando três novas músicas para um tributo especial a Quincy Jones. Essa é a primeira vez, em quatro anos, que a artista grava faixas inéditas desde o lançamento do disco ‘Back to black’.
Segundo informações do jornal britânico “The Guardian”, as canções estão sendo produzidas por Mark Ronson, produtor dos principais sucessos de Amy, como ‘Rehab’ e ‘You know I’m no good’. Os dois também trabalharam juntos em uma das músicas do disco solo de Ronson, "Version", de 2007.
Quincy Jones convidou a cantora há um ano para participar do tributo a sua carreira. Amy deveria gravar uma versão de “You don’t own me”, de Lesley Gore, mas nunca o fez. O pai da artista, Mitch, não confirmou se a faixa esteve presente nas gravações realizadas no estúdio de Ronson.

BACK TO BLACK - Amy Jade Winehouse é cantora e compositora de soul, jazz e R&B do Reino Unido. Seu primeiro álbum, Frank, lançado em 2003 pela Island Records, foi muito bem recebido, comercial e criticamente. Em 2006, Amy lançou seu segundo cd, Back to Black que a levou a 6 indicações ao Grammy 2008, das quais venceu 5 (melhor canção, melhor gravação, artista revelação, melhor álbum pop e melhor interpretação feminina).
Back to Black atingiu grande sucesso comercial, sendo o disco mais vendido do ano de 2007 com mais de 5 milhões de cópias em um ano e mais de 10 milhões de cópias no mundo até o ano de 2008). Sua vida conturbada e cheia de polêmica, ainda não afetou sua história com a música. Um novo trabalho de Amy Winehouse ainda é esperado para o final do ano de 2010.

24 de abr de 2010

Doses Casarão com Hey Hey Hey e Superguidis

Na última terça-feira, véspera do feriado de 21 de abril, aconteceu o lançamento de mais um projeto Doses Casarão, na capital Porto Velho. Eu, recém chegada do Tendencies Rock Festival, que aconteceu no estado de Tocantins, ainda tinha pique pra conferir pessoalmente o som da banda gaucha Superguidis.

A noite no Piratas Pub (lugar muito agradável e que eu gosto muito em Porto Velho) foi aberta pela banda portovelhense Ap.12, a qual ainda não tinha ouvido e que fez uma rápida participação.

A banda porto-velhense Hey Hey Hey, que já é um dos destaques da cena do rock rondoniense, fez um show bem seguro, mostrando o arranjo de suas guitarras psicodélicas. O vocalista Marcos já é conhecido pelo timbre forte de sua voz, conseguindo flutuar por tons punks e indie. Hey Hey Hey é muito bom pra ouvir ou pra dançar. É o nome do estado de Rondônia muito bem representado.

A grande convidada da noite, a banda gaúcha Superguidis,confirmou que o título de uma das principais bandas do rock brasileiro atual não é a toa. Banda ensaiadinha, com letras fáceis e agradáveis, os meninos da Superguidis tem tudo para continuar a se destacar no cenários das novas bandas de rock nacional. O vocalista Andrio tem um timbre de voz forte e seguro. Superguidis foi sucesso em Porto Velho, foi sucesso em Ji-Paraná e em Vilhena e com certeza será sucesso em todo o Brasil, pois tem sua própria identidade.

Fotos do Doses Casarão com Superguidis:
www.flickr.com/maryjannejipa

Vídeo da banda Superguidis no Doses Casarão:
http://www.youtube.com/watch?v=PCCmh_VeR68

22 de abr de 2010

Momentos Inesquecíveis do Tendencies Rock Festival




Terminando as considerações finais do 7º Tendencies Rock Festival, já que me pediram, vou falar sobre as bandas que foram destaque - na minha opinião - que isso fique bem claro. Bom...Na primeira noite do Festival, sem dúvidas nenhuma, a banda paulista The Moxine foi à melhor da noite. Em uma rápida conversa com a doce vocalista da banda e também guitarrista da banda Natiruts, Monica Agena falou que sempre concilia as duas bandas. Monica disse que a banda ficou muito feliz com o primeiro show em Palmas. “Foi lindo todo mundo pedindo bis”, disse antes de partir de volta para São Paulo. Dentre as bandas de Palmas, a maturidade da banda Veiétú, foi o destaque da noite pra mim.

O último show da primeira noite do Tendencies Rock Festival foi o do ex-Legião Urbana, Dado Villa-Lobos e seu colega e músico carioca Toni Platão. O show, regado de algumas músicas famosas do Legião Urbana, me surpreendeu por nem Toni e nem Dado fazerem nenhuma referência ao grande músico Renato Russo que completaria 50 anos no mês de abril.

Na segunda noite, os capixabas da banda Os Pedrero tomaram conta da noite de sexta-feira com o seu punk rock sujo e cheio de letras sarcásticas, deixando até a banda Raimundos, atração principal da noite ofuscada. A Banda Raimundos teve um probleminha com parte de seus instrumentos, o que acabou dando uma prejudicada no show tão preparado pelos brasilienses. Raimundos, aconteça o que for em seus shows, tem seus fãs fieis. Um fã do Raimundos viajou mais de 500 km, sem lugar pra ficar e dinheiro pra comer, apenas para estar no Tendencies assistindo um show do Raimundos. O entrosamento do bom e velho Raimundos é a peça chave para dar continuação do sucesso da banda. Com problemas técnicos ou não, sempre acho que o público é o que menos tem que saber o que está rolando de errado no palco.

O último dia.. a o último dia, o melhor de todos foi o que mais me surpreendeu com as bandas tocantinenses. As bandas Maquinários e Capellinos fizeram grandes shows. A banda Trampa de Brasília, que tocou de graça no Festival, mostrou toda a coragem de colocar a cara pra bater sem medo das críticas e comparações a outras bandas que poderiam aparecer, no começo achei que parecesse, mas depois vi que não.

Os capixabas da Mukeka di Rato sempre são sucesso por onde passam. Com fãs em todos os lugares, é a banda quem quando toca faz o palco tremer. O ex- Iron Maden Blaze Bayley fechou a 7ª edição do Tendencies Rock em grande estilo, deixando até os menos afoitos de queixo caído com sua grande performance no palco.

Momentos Inesqueciveis do 7º Tendencies Rock Festival

- A viagem até Palmas. Conhecer Palmas foi incrível;

- A companhia dos jornalistas Fabio Gomes (RS) e Eduardo Mesquita (GO);

- O Eduardo Mesquita bêbado xingando o Digão;

- Porkão elogiando o Nxzero no camarim. Juro;

- O profissionalismo do organizador André Porkão que resolveu todos os pepinos sem perder a classe;

- A banda Lopes que levou Porkão ao palco;

- O atendimento de toda a galera da produção do Tendencies Rock Festival;

- A participação da Samia (Boddah Diciro) em uma música com a banda Girlie Hell (GO);

- As história do Mozine nos bastidores;

- As piadas (sem graça) do Canisso;

- Digão twittando sendo obrigado por mim;

- Porkão arrepiado com Blaze Bayley tocando;

- A simpatia da Flávia;

- Brek (Mukeka di Rato) twittando pela primeira vez;

- Aos novos contatos, os presentes recebidos e todos os momentos inesquecíveis que vivenciamos durante o Tendencies Rock Festival;

19 de abr de 2010

Último dia do Tendencies Rock Festival – Considerações finais


Bom, pra mim o último dia é sempre o melhor do Festival. Primeiro porque os problemas que acontecem em todos os festivais, já estão quase sempre detectados, o som já está mais do que testado, o medo de dar algo errado já passou, o nervosismo e a ansiedade já estão com gosto de missão cumprida e as amizades e contatos já foram estabelecidos.

A última noite do Tendencies Rock Festival foi aberta pela banda Mohanna (TO) que achei um pouco confusa, com letras e ritmos que não se encaixavam, mas ok, vamos beber pois é era o último dia. O último dia foi das bandas tocantinenses que mais se destacaram na minha opinião. A banda Maquinários fez um puta show e a banda Capelinos também segurou bem a noite. A banda Trampa, de Brasília (DF), além da simpatia, fez um showzaço não deixando ninguém parado. Lopes do Mato Grosso, que eu já conhecia de outros festivais, surpreendeu com seu pequeno grande vocalista Rodrigo Lopes que parece encarnar uma entidade do rock enquanto está no palco. Destaque para a banda Lopes que fez até Porkão (organizador do Festival) subir ao palco e fazer uma rápida participação.

A esperada banda capixaba Mukeka di Rato, fez mais um show daqueles que a gente nunca espera como vai ser. O vocalista Sandro é pura piração no palco e as rodinhas no meio da galera tomaram conta da última noite do Tendencies Rock Festival. O último show da noite e que deixou Porkão arrepiado, foi o do internacional Blaze Bayley (ex- Iron Maden), que subiu ao palco para encerrar o 7º Tendencies Rock Festival, no único dia que choveu em Palmas, não deixando uma pessoa se quer parada. O cara simplismente é o cara.

Agora estou quase chegando ao meu destino de onde sai para vir pela primeira vez conhecer o Tendencies Rock Festival, cheia de fotos,vídeos, lembranças, novas amizades e a esperança de voltar ao Tendencies Rock Festival no ano que vem. Fiquem de olho no Blog A La Maryjanne por que ainda tem muita coisa bacana pra postar. Obrigada a todos que fizeram com que esses dias se tornassem inesquecíveis!

17 de abr de 2010

O que dizer sobre a 2ª noite do Tendencies Rock Festival?


Bem que eu tentei, mas desde ontem não me vem outra frase na cabeça. O que dizer sobre a 2ª noite do Tendencies Rock Festival? Poderia dizer que foi a melhor até agora, e provavelmente inesquecível para nós e para a banda Raimundos. Ontem digamos que foi a primeira noite que senti o rock and roll no Tendencies. Depois de uma quinta-feira light, foi a vez de uma sexta-feira mais hard. E diga-se de passagem, que sexta-feira!

A banda da casa, Herdeiros e Reis, fez a abertura da segunda noite mais quente do festival, antes de uma das bandas do produtor Fábio Mozine, Os Pedrero subir ao palco. Ainda no camarim, eu e meus queridos colegas Eduardo Mesquita (@eduardoinimigo) e Fábio Gomes (@somdonorte), tivemos o privilegio de enquadrar Mozine para uma rapidinha sobre seus trabalhos, suas bandas, viagens, futuro da música entre outras coisas. Mozine subiu ao palco com uma de suas pupilas, a capixaba Os Pedrero que fez um puta show, e que em gênero e grau, concordamos que foi o show do noite.

As bandas “hell” de Goiânia, Girlie Hell e Hellbenders, mantiveram o pique de guitarras pesadas deixada pelos Pedreros da noite, uma, a Girlie Hell, banda só de meninas achei legal, mas não gostei muito da muito boa também Hellbenders ter entrado logo em seguida, dois sons pesados um atrás do outro me deixou um pouco cansada, mas borá La... a melhor ainda está por vir.
Nem sempre o show mais esperado da noite é o melhor, mesmo quando a última banda é Raimundos. Pra quem gosta e segue Raimundos há anos assim como eu que confesso curtir muito, sei que a banda Raimundos atualmente tem passado por algumas “fases”... esse foi um dos motivos que levou o vocalista Digão ao estress na noite passada. A banda Raimundos, que foi a banda que acompanhei que mais demorou pra passar som e subir ao palco na minha vida, apesar de não ter sido eles mesmos a passarem o som (pra que servem os roldies né)...teve um problema de fases...O show que começou a todo vapor e calor, Raimundos subiu ao palco aclamado pelo publico que lotava o evento, mas Digão se estressou por várias vezes com problemas técnicos que aconteceram no palco logo no inicio do show.

Raimundos seguiu por um bom tempo a meia luz, com meio som tocando o que vinha a cabeça, ou seja, montaram um repertório em 5 minutos, deixando o repertório tão ensaiado pra um próximo evento talvez, mas não para Palmas. A galera presente, fã do bom e velho Raimundos, não queria saber se tinha algum problema no palco, ou na iluminação ou no som... os fãs e simpatizantes da banda queria ouvir o rock dos Raimundos, o que eles realmente sabem fazer, sem estrelismo, sem ignorância e sem chilique. Digão ficou irritado por várias vezes, saiu do palco e voltou, saiu e voltou, segurou um acústico de mulher de fases em versão reggae. Errei quando disse que a noite foi dos Pedrero, a noite foi de um cara chamado Canisso, que em nenhum momento perdeu a calma, fez piadinhas, passeou no meio da galera enquanto Digão esperava os ajustes do palco...O show do Raimundos ficava mais interessante a hora que se passava, a cada música, uma surpresa.

Depois do som normalizado, Raimundos seguiu mais um pouco com algumas músicas famosas, e a galera sem se importar o que Digão e companhia iam tocar, só queriam ver o Oco, rodar a camisa e cair na rodinha. No fim...tudo acabou em pizza, mas a nota 10 vem pro homem do Tendencies Rock Festival, Porkão, que segurou a onda, mostrando e ensinando todo seu profissionalismo durante a noite (até agora) mais conturbada do Tendencies Rock Festival.
Hoje a noite ainda tem mais, vários shows como Mukeka di Rato (ES), Lopes (MT) e o internacional Blaze Bayley. Os vídeos que estou fazendo dos shows posto assim que eu der conta porque deixa eu curtir a minha última noite de Tendencies Rock Festival.

16 de abr de 2010

1ª noite do Tendencies Rock Festival

Estou muito feliz em estar pela primeira vez participando do Tendencies Rock Festival que já está em sua sétima edição e tem um respeitado público aqui na “calorosa” capital Palmas (TO). Logo que cheguei a cidade, fui conhecer as instalações do Tendencies Rock Bar.

Um local simples e não muito grande, mas com uma grande estrutura de iluminação e som montada para os shows das três noites de festival. O produtor do festival, dono do Tendencies Rock Bar e vocalista da banda A baba de Mumm-ra, o Porkão ou André, simpatia em pessoa, ficou atento a todos os detalhes mesmo na correria que um festival traz com os pequenos e grandes acontecimentos inesperado que apimentam um Festival.

Não vou me alongar muito e já vou começar a comentar sobre a noite de quinta-feira (15) e primeira do Tendencies Rock Festival. A primeira banda, Essência de Honácio (TO) fez a abertura do Festival. Logo depois, a também tocantinense Dona Quiteria, com uma levada meio “ Los Porongas ” deu uma pequena esquentada na noite. A nada velha e sim experiente Veiétu (TO), mostrou um rock mais maduro e sem pose, subindo no palco com uma grande tranqüilidade que podia ser percebida por qualquer um que estava presente.

Mas não teve jeito, o destaque da noite foi mesmo “as meninas” da banda paulista The Moxine. Pra quem nunca ouviu, notasse uma pequena semelhança a banda Cansei de Ser Sexy pelo uso de música eletrônica e efeitos especiais acompanhado de guitarra e teclado. Mas não se engane, porque a vocalista Monica Agena é bem mais carismática do que a Lover Foxxx e muito mais talentosa. Monica que também é guitarrista da banda Natiruts, fez o melhor show dançante da primeira noite do Tendencies, com direito a bis pedido pelo publico que dançou todas as músicas da banda, apesar do último show ter sido o do cantor Dado Villa-Lobos.

Dado Villa-Lobos e Toni Platão encerraram a primeira noite do Tendencies Rock Festival tocando grandes sucessos do Legião Urbana e de músicas de autoria de Dado Villa-Lobos, deixando a primeira noite do festival com casa lotada e com um grande teor de melancolia.

SEGUNDA NOITE DO TENDENCIES ROCK FESTIVAL

Hoje, sexta-feira (16), é a segunda noite do Festival que já começa a esquentar a partir das 18h30 com um debate cultural com os produtores e jornalistas Fabio Mozine (ES), Fabio Gomes (RS) e Eduardo Mesquita (GO).

A programação do festival para a segunda noite já conta com uma banda de Tocantins, uma de Mato Grosso, uma do Espírito Santo e duas de Goiânia. Destaque para a brasiliense Raimundos que fecha a noite de sexta-feira. Confira a programação:

Herdeiros e Reis (TO)
N3CR (MT)
Os Pedreiro (ES)
Girlie Hell (GO)
Hellbenders (GO)
Raimundos (DF)

Aperitivo:
Video do Dado Villa-Lobos no Tendencies Rock Festival
Em breve todas as fotos do Tendencies Rock Festival
> AQUI.

15 de abr de 2010

Começa hoje Tendencies Rock Festival


Começa hoje (15) e vai até o próximo sábado (17), no Tendencies Music Bar, a 7ª edição do Tendencies Rock Festival. O dia foi de muita correria para deixar tudo pronto para o primeiro dia do evento.
Grandes nomes do rock nacional fazem parte da programação do Festival como Dado Villa- Lobos e Toni Platão, as bandas Mukeka di rato, Raimundos e até o internacional ex-Iron Maden Blaze Bailey, estarão se apresentando durante a 7ª edição do Tendencies Rock Festival que acontece em Palmas até sábado e promete movimentar a cena da música tocantinense.

Confira a programação de hoje, garanta seu ingresso:

1º DIA TENDENCIES ROCK FESTIVAL (15/04):

Essência de Honácio
Dona Quitéria
Veiétu
The Moxine
Dado Villa-Lobos e Toni Platão

12 de abr de 2010

Raimundos é uma das atrações do 7º Tendencies Rock Festival

A banda de rock brasiliense Raimundos é uma das grandes atrações da 7ª edição do Tendencies Rock Festival que acontece no próximo final de semana, nos dias 15,16 e 17 de abril, em Palmas – Tocantins.
Raimundos é uma das bandas de maior influência na cena do rock brasileiro dos anos 90 e atualmente está em uma turnê extra com o vocalista da banda Detonautas, Tico Santa Cruz, que não estará em Palmas para este show. O vocalista Digão
afirmou que Tico continua se apresentando com a banda Detonautas e em alguns shows com o Raimundos, conciliando as agendas das duas bandas.
Em uma rápida conversa, o vocalista Digão garantiu que a galera fã de Raimundos pode esperar um grande show para a noite de sexta-feira (16), incluindo os grandes sucessos da banda.

TENDENCIES ROCK FESTIVAL - Grandes nomes do rock brasileiro como as bandas Mukeka di rato, Raimundos, Dado Villa-Lobos e até o internacional ex-Iron Maden Blaze Bailey, estarão se apresentando durante a 7ª edição do Tendencies Rock Festival que vai acontece nos dias 15, 16 e 17 de abril e promete movimentar a cena da música tocantinense.

10 de abr de 2010

Dado Villa-Lobos e Toni Platão juntos no Tendencies Rock Festival

Um dos shows mais esperados para a 7ª edição do Tendencies Rock Festival é o grande encontro entre os músicos (e amigos), Dado Villa-Lobos, ex-integrante do Legião Urbana e do músico Toni Platão. Dado Villa-Lobos que nunca se apresentou na capital de Tocantins, falou sobre o show que acontecerá no dia 15 de abril e que faz parte da programação do 7º Tendencies Rock Festival.
“ O repertório do show é composto pelas músicas do meu novo trabalho Jardim de Cactus além de grandes sucessos de Bob Dylan e Lou Reed Bowie, do Toni Platão e grandes clássicos do Legião Urbana.
Nossa expectativa é de fazer a melhor estréia jamais vista em Palmas”, disse Dado.
Toni Platão disse que ele e Dado Villa-Lobos sempre realizam parcerias musicais e que já fizeram vários shows juntos e não economizou elogios ao amigo: “ O show do Dado Villa-Lobos é um showzaço. Estamos muito felizes em realizarmos nosso primeiro show em Palmas”, falou.

TENDENCIES ROCK FESTIVAL - Grandes nomes do rock brasileiro como as bandas Mukeka di rato, Raimundos e até o internacional ex-Iron Maden Blaze Bailey, estarão se apresentando durante a 7ª edição do Tendencies Rock Festival que vai acontece nos dias 15, 16 e 17 de abril e promete movimentar a cena da música tocantinense.

BÔNUS: ASSISTA DADO VILLA-LOBOS E TONI PLATÃO

8 de abr de 2010

The Moxine é uma das atrações do Tendencies Rock Festival

Por Mary Camata

A banda de rock paulista The Moxine é uma das atrações da 7ª edição do Tendencies Rock Festival que acontece em Palmas, Tocantins nos dias 15, 16 e 17 de abril.
Após ganhar grande reconhecimento como guitarrista da banda Natiruts, Mônica Agena assumiu o vocal da banda The Moxine. Com Hagape Cakau (baixo), Caju (bateria) e Gianni Dias na guitarra e no teclado, The
Moxine representa uma síntese do bom rock dançante.
Em 2009, a banda lançou o EP "Electric Kiss com quatro músicas e com pouco mais de um ano de existência, a banda já se apresentou no South by Southwest, SxSW (Texas-
EUA).
A banda The Moxine se apresentará no Tendencies Rock Festival no dia 15 de abril antes de partir para sua estréia na Europa onde participará do festival Liverpool Sound City.

TENDENCIES ROCK FESTIVAL - Grandes nomes do rock brasileiro como as bandas Mukeka di rato, Raimundos, Dado Villa-Lobos e até o internacional ex-Iron Maden Blaze Bailey, estarão se apresentando durante a 7ª edição do Tendencies Rock Festival que vai acontece nos dias 15, 16 e 17 de abril e promete movimentar a cena da música tocantinense.

Conheça a banda The Moxine (SP): http://www.myspace.com/moxine

Abril Pro Rock comemora maioridade em grande estilo


> Uma das atrações internacionais será o americano Dj Afrika Bambaataa

Pela segunda vez, o evento terá uma versão carioca, que ocorre sexta-feira (9) e sábado (10), às 22h, no Teatro Odisséia, na Lapa. Na semana seguinte nos dias 16 e 17/04, as atrações invadem a capital pernambucana para as duas tradicionais noites de shows no Pavilhão do Centro de Convenções. Todas as bandas já estão definidas.
Na versão do Rio de Janeiro, as atrações principais serão o Mundo Livre S/A e o Instituto Mexicano Del Sonido, também confirmados para as noites principais de Pernambuco. Além dos mexicanos, o festival contará com outros relevantes artistas internacionais, como: o pai do rap, DJ Afrika Bambaataa; Blaze Bayley, ex-vocalista do Iron Maiden e Wolfsbane; The Varukers, ícone do punk inglês; os portugueses do Dead Combo; e Agent Orange, referência no pesado surf music californiano.
Com uma consagrada fórmula que mescla novos e reconhecidos grupos, na maioria artistas independentes, o festival exibe uma abrangente seleção de atrações nacionais, destacando: Pato Fu (MG), 3 Na Massa (SP/PE), Dead Fish (ES), Ratos de Porão (SP), Killer on the Dance Floor (SP), Plástico Lunar (SE), Nevilton (PR), Camarones Orquestra Guitarrística (RN), Bugs (RN), Plastique Noir (CE), Alkymenia (PE), Vendo 147 (BA), Eminence (MG), Mini Box Lunar (AP), entre outros.

Fora do palco - Além dos shows, a programação do festival Abril Pro Rock também se destaca fora dos limites do palco. Isso porque, de 12 até 24/04, o evento apresenta, em número recorde, uma série de atividades gratuitas, entre oficinas, palestras e seminários - desenvolvidos no Centro Cultural dos Correios, Bairro do Recife.

Abril Pro Rock – Rio
Ingressos: R$ 40 (antecipado através do site www.ingresso.com) R$ 50 (inteira)
Teatro Odisséia

Abril Pro Rock – Pernambuco
Abertura dos portões às 20h (dia 16) e 17h (dia 17).
Ingressos: R$ 40 (inteira); R$ 20 (meia-entrada); R$ 25 (ingresso social, com 1 kg de alimento não-perecível).
Pavilhão do Centro de Convenções

Para mais informações: www.abrilprorock.com.br

Jack White, do White Stripes revela parceria com Jay-Z

Jack White não para. O multi-homem das bandas White Stripes, Raconteurs e Dead Weather revelou, entrevista à revista GQ Magazine, que tem um novo trabalho a caminho: uma parceria com o rapper Jay-Z. Apesar de inusitada, White assegura que a parceria resultou em uma música com "sonoridade inacreditável". "Acabei de gravar com Jay-Z. Fizemos uma canção juntos há algumas semanas, foi incrível", empolga-se o roqueiro. "Eu mostrei a ele uma música que andava na minha cabeça há alagum tempo e ele imediatamente fez uma letra. A sonoridade é incrível", completa. Ainda não há previsão de lançamento para a faixa.

Internet é um estorvo para a música - Jack White soltou toda sua raiva contra a internet essa semana e declarou que acha a web "um estorvo". Além de dizer que é um mal para a música, completou: "É o grande inimigo da música atualmente".
"Na minha cabeça continuo trabalhando como se não houvesse internet", disse White ao NME. "A internet é uma ferramenta muito bonita para muitas, muitas coisas. Mas está no extremo oposto de tratar a música com respeito". O líder do White Stripes, do Dead Weather e do Raconteurs confessou que usa a internet, mas que logo perde a paciência com usuários e comentários agressivos.

Pato Fu grava o 10º CD da carreira

Em seu site oficial, os mineiros do Pato Fu anunciaram o lançamento de um novo álbum de estúdio que, segundo nota da banda na internet, “ Será um projeto especial, não exatamente um álbum de carreira no sentido convencional do termo”. A nota ainda diz que é uma idéia que persegue a banda há anos e está ganhando vida somente agora. Como Daqui pro Futuro e Toda Cura Para Todo Mal, o novo álbum (décimo na carreira da banda) também será produzido no estúdio 128 Japs que fica na casa de John e Fernanda. Desde 2005, o Pato Fu tem lançado seus discos de forma independente. Em 2009 a banda estreou um documentário de turnê em DVD e disponibilizou todo o seu conteúdo para ser visto ou baixado de forma gratuita na internet.
Em 2008, dois integrantes do Pato Fu lançaram projetos solos. Fernanda Takai com o projeto Onde Brilhem os Olhos Seus (em que a vocalista canta músicas que foram interpretadas por Nara Leão) e o baixista Ricardo Koctus que lançou seu primeiro disco solo. Segundo informações da banda, a produção do novo cd deve durar um mês de meio e meio.

7 de abr de 2010

Brasil vai ter Festival Woodstock

> Linkin' Park é uma das bandas cogitadas para o festival

Segundo informações do site Abril, pela primeira vez, o Brasil vai sediar o festival Woodstock. Ainda há poucas informações oficiais sobre o evento, mas está confirmado que ele vai acontecer no interior de São Paulo, e na primeira quinzena de outubro. A organização está visitando diversos locais na região de Itu, que fica há 100km de São Paulo.
Segundo o site da agência “All Access Media”, há muitas bandas cogitadas para tocar no festival, mas duas já estão praticamente certas: Linkin’ Park e Green Day. A organização do evento não confirma a informação.
O Woodstock Brasil será feito pelo mesmo pessoal que organizou o Maquinaria Festival, que em 2009 trouxe Janes’ Addiction e Faith No More. O festival deve ter duração de três dias. O primeiro festival de Woodstock aconteceu em 1969 e entrou para a história. Em 1994 e 1999 ele foi reeditado, sempre nos Estados Unidos.

Raimundos e Charlie Brown Jr agora em São Paulo

Depois do encontro entre Raimundos com Tico Santa Cruz (Detonautas) e a banda Charlie Brown Jr, agra chegou a ver dos paulistanos assistir à grande apresentação do Raimundos em turnê com Tico mais a tradicional banda de rock dos anos 90, Charlie Brown Jr. As bandas estarão se apresentando nesta sexta-feira (9), no HSBC Brasil, na Zona sul de São Paulo. O show também faz parte do lançamento do novo CD do Charlie Brown Jr., chamado "Camisa 10 Joga Bola Até na Chuva".
A assessoria de imprensa do HSBC Brasil informou no site Folha On Line que ainda tem alguns ingressos disponíveis. Os preços variam de R$ 60 (pista) a R$ 120 (camarote). No site da casa de shows (www.hsbcbrasil.com.br), é possível imprimir um cupom que dá direito ao valor de meia-entrada para a pista.

Foto: Renan Yudi

APERITIVO : Raimundos e Tico - Eu Quero é ver o Oco.

4 de abr de 2010

Doses Casarão traz banda Superguidis a Rondônia

Por Mary Camata

No próximo dia 20 de abril, os gaúchos da banda Superguidis estarão na capital Porto Velho para mais uma edição do Doses Casarão. O projeto Doses Casarão é um evento ligado ao Festival Casarão, representando as famosas prévias com bandas convidadas que funcionam como um aquecimento antes da edição do Festival Casarão 2010.

No último dia 2 de abril, a banda Black Drawing Chalks fez a abertura do projeto Doses Casarão no Piratas Pub, em Porto Velho, consagrando mais uma vez o sucesso das prévias. A próxima dose, acontece no dia 20 de abril, também no Piratas Pub e contará com participação das bandas Ap 12 (RO), Hey Hey Hey (RO) e a grande atração da noite, a gaúcha Superguidis, um dos grandes destaques do rock brasileiro.


Sobre a Superguidis

Destaque da cena independente nacional, Superguidis foi o primeiro grupo a disponibilizar um disco inteiro para download no projeto “Download Remunerado”, da Trama Virtual. A banda Superguidis traz em uma rápida turnê por Rondônia, o lançamento de seu terceiro disco. O novo disco já é apontado pelos críticos como um dos mais criativos e produtivos dos últimos anos., além de ter seu disco de estréia figurando em listas de melhores da década, e de ter seu show considerado um dos destaques do rock atual, a banda desenvolveu uma sólida carreira discográfica. Segundo eles, além da circulação, e do constante aprimoramento dos shows, discografia e repertório autoral são fundamentais para afirmar a banda no cenário independente nacional.
A turnê pelo Norte, conta com shows em Manaus (17/04), Porto Velho (20), Ji-Paraná (21/04) e Vilhena (23/04) e Cacoal (22/04). A Superguidis é formada por Andrio (vocal e guitarra), Lucas (guitarra e vocal), Diogo Macueidi (baixo) e Marco Pecker (bateria). O disco vem assinado pelos selos Senhor F e por Monstro Discos, o maior dos independentes nacionais. Em uma rápida entrevista, Andrio falou da expectativa da turnê em Rondônia: Não sabemos muita coisa sobre Rondônia, nunca fomos pra este estado e estamos muito ansiosos. A galera pode esperar um som com muita sinceridade e guitarras sujas. Temos certeza que iremos passar dias muito legais por aí.

BRINDE: A Banda Superguidis disponibiliza seu novo CD em seu Blog:

3 de abr de 2010

Abril Pro Rock anuncia atrações e novo local

A produção do Abril Pro Rock que completa 18 anos agora em 2010, depois de uma situação judicial entre a Procuradoria Geral do Estado de Pernambuco e o Ministério Público, sobre a liberação da área externa da Fábrica Tacaruna onde estava programado para acontecer o festival, decidiu realizar a 18ª edição do festival que acontece nos dias 16 e 17 de abril, no Pavilhão do Centro de Convenções de Pernambuco, em Recife. Segundo a produção do evento, esta foi a primeira vez que o Abril Pro Rock havia sido agendado na Fábrica Tacaruna.

A programação também será realizada no APR Club – o club do Abril Pro Rock, que funcionará por sete noites no casarão 143 da Rua do Apolo, Bairro do Recife. Três shows e sets de DJs rechearão as noites, duas delas apresentadas pela BBC Rádio 3 (rádio pública eleita a melhor do ano no Reino Unido) e uma noite pela rádio Antena 3 de Portugal. Artistas de qualidade, ingressos acessíveis e um lugar que provoca a vontade da cidade por um espaço adequado para bandas independentes tocarem para um público médio de quinhentas pessoas além de com um ciclo de oficinas, palestras e seminários fazem parte do leque de novidades que o festival traz em comemoração aos seus 18 anos. A programação no APR Club sai na próxima semana. Os ingressos podem ser vendidos a R$ 40 (inteira), R$ 20 (meia-entrada) e RS 25 (ingresso social com 1 kg de alimento não-perecível).
Mais informações: www.abrilprorock.info

Confira a programação do evento:

Sexta-feira | 16.04 - No Pavilhão do Centro de Convenções

Blaze Bayley | Inglaterra
The Varukers | Inglaterra
Agent Orange | EUA
Ratos de Porão | SP
Claustrofobia | SP
Terra Prima | PE
Eminence | MG
Inner Demons Rise | PE
Alkymenia | PE
The Mullet Monster Mafia |SP


Sábado | 17.04 - No Pavilhão do Centro de Convenções

Afrika Bambaataa | EUA
Pato Fu | MG
3naMassa | PE/SP
Instituto Mexicano del Sonido | Méx
Wado | AL
The River Raid | PE
Nevilton | PR
Bugs | RN
Vendo 147 | BA
Plastique Noir | CE
Mini Box Lunar | AP
Anjo Gabriel |PE
Zeca Viana |PE
Plástico Lunar |SE

* Algumas bandas já estão confirmadas na Programação no APR Club, são elas: Daniel Peixoto (CE) + KIller on the Dancefloor (SP), Dead Fish (ES), Mundo Livre SA | PE, Camarones Orq Guitarrística | RN e Burro Morto | PB.

1 de abr de 2010

Confira os próximos shows internacionais que acontecerão no Brasil

> O Simply Red fará turnê de despedida.

As bandas Placebo, Social Distortion, Moby e Simply Red são algumas das atrações internacionais que fazem shows no Brasil em abril. A banda inglesa Placebo começa sua nova turnê pelo Braisl em Porto Alegre (13), no Pepsi on Stage, em seguida, toca em Curitiba (14), no Master Hall, em Belo Horizonte (16), no Chevrolet Hall e em São Paulo (17), no Credicard Hall. Os shows divulgam o disco "Battle for the Sun", lançado em 2009.

Já os veteranos do Simply Red voltam ao país com sua turnê de despedida. O grupo liderado pelo cantor Mick Hucknall toca em Recife (16), São Paulo (20), Belo Horizonte (21) e Rio de Janeiro (23).

Quem vem ao Brasil pela primeira vez é a veterana banda punk norte-americana Social Distortion. O grupo faz shows em Porto Alegre (15), Rio de Janeiro (16), São Paulo (17) e Curitiba (18).
Para o final de abril, o DJ produtor norte-americano Moby apresenta o show que promove o disco "Wait For Me" em Porto Alegre (20), Curitiba (21), São Paulo (23) e Rio de Janeiro (24).
A banda de trash metal Megadeth, estará no Brasil também no mês de abril. Além do show em São Paulo no dia 24, o grupo se apresenta também em Recife no dia 20 e em Brasília no dia 22. Os ingressos dos shows de São Paulo e Brasília já estão disponíveis pelo site www.ticketsforfun.com.br. A história do Megadeth começou no início da década de 80, quando Mustaine deixou o Metallica. Depois disso, mais de dez músicos já passaram pela banda até chegar à formação atual.

Em São Paulo, no mês de março tem ainda shows da banda holandesa de metal Épica (10), do cantor de reggae judeu Matisyahu (11), e do grupo teen Isa TKM (25), entre outras atrações.

MAIO

Para maio, o grupo norte-americano de heavy metal, Manowar, vem ao Brasil no mês de maio para três apresentações. Os shows do Manowar, segundo informações do site da UOL, acontecem em São Paulo, no Credicard Hall, em 7 de maio, no Rio de Janeiro, no Citibank Hall, no dia 8/5 e em Belo Horizonte no dia 9 de maio. Em seguida, os músicos continuam com a turnê mundial de "Death to Infidels 2010" pela Argentina e pelo Chile.

Formada em 1980, a banda, que tem como líderes o baixista Joey DeMaio e o vocalista Eric Adams, já vendeu mais de 9 milhões de álbuns em todo o mundo ao longo da carreira. A pré-venda das entradas começa em 6 de abril, data em que serão divulgados os preços dos ingressos.