26 de jul de 2011

Interpol confirmado no Planeta Terra

Interpol é atração confirmada do Planeta Terra.


A organização do festival Planeta Terra anunciou nesta terça-feira (26), em coletiva para a imprensa, novas atrações para a edição 2011 do evento. As bandas Interpol, Goldfrapp, Broken Social Scene, White Lies, The Name, Garotas Suecas e o rapper Criolo foram confirmados no evento, que será realizado no dia 5 de novembro, no parque de diversões Playcenter, em São Paulo. Os ingressos já estão esgotados.

O lineup não está fechado. Outras quatro atrações ainda serão anunciadas - segundo a organização, pode-se esperar artistas que incorporam música eletrônica ao seu trabalho.
Além deles, The Strokes, Beady Eye, Peter Bjorn and John e Toro Y Moi  também já tinham sido anunciados em junho. O The Vaccines cancelou sua participação.

Melhorias no plano de circulação do público pela área do festival também foram confirmadas. Segundo a organização, serão implementadas mudanças para resolver gargalos de público; haverá obras na estrutura do Playcenter também. A edição do festival em Lima, no Peru, foi garantida, mas ainda não há data fechada. Os organizadores afirmam, porém, que o evento sai até o começo de 2012. Com informações do G-1.

Primus e 311 são as novas atrações confirmadas do SWU

G1 - Primus e 311 são as novas atrações confirmadas do SWU - notícias em SWU 2011

23 de jul de 2011

Back to Black - A morte prematura de Amy Winehouse

Por Mary Camata

Foi com uma tristeza enorme no coração que na tarde deste sábado li a notícia de que Amy Winehouse foi encontrada morta em Londres. “Era o que todo mundo esperava, “Já foi tarde”, “Quem mandou se drogar” foram as coisas que eu li no momento em que o Brasil e o mundo parou ao ficar sabendo da morte de uma estrela de apenas 27 anos que havia sido encontrada morta. Assim como figuras importantes na cena do rock como Jim Morrison, Janis Joplin, Jimmy Hendrix e Kurt Cobain também foram vítimas das drogas e deixaram suas vidas tão cedo.
Dona de uma linda voz, as drogas destruíram todos os sonhos da cantora Amy Jade Winehouse. Apaixonada por soul, jazz e blues, seu primeiro álbum “Frank” foi lançado em 2003 e seu segundo álbum, “Back to Black”, deu a ela cinco Grammy Awards. Amy tinha tudo pra ser uma grande cantora, e era. Porém, seus escândalos em público e seu vício pelas drogas destruíram os sonhos da menina Amy.
Os problemas de Amy com drogas e álcool foram noticias no mundo todo. Em sua primeira e única passagem pelo Brasil, Amy apareceu no palco bêbada e chegou a cair várias vezes. Em 2010, o pai de Amy chegou a noticiar na imprensa que a filha estava se tratando e se recuperando das drogas. Lembro de assistir um vídeo dela falando que estava em tratamento e que voltaria aos palcos em breve. Mas ela não conseguiu vencer as drogas e tem gente que acha que isso é motivo pra comemorar. O triste é ver como as pessoas são ignorantes a ponte de comemorarem a morte da cantora. Gente, o que aconteceu com a Amy foi à mesma coisa que acontece com o menino lá no morro carioca ou com aquele seu vizinho alcoólatra. Ela foi vítima do mesmo mal que está em todos os lugares do mundo matando gente e atingindo pessoas de todos os tipos de classes, chamado droga.
Pra quem não conhece a história de Amy, quando ela era criança, Winehouse e seu irmão viam seu pai espancar sua mãe, ficava calada e sofria muito. Como várias pessoas, Amy tinha problemas em casa desde criança e não soube superar isso e a fama só contribui para que se afundasse dentro de seus medos e conflitos. Amy errou muitas vezes igual a tanta gente erra e faz as coisas escondidas, voltando pra casa como se nada tivesse feito.

Amy Winehouse é nada mais nada menos do que um ícone que não soube aproveitar seu melhor momento. Amy virou escrava das drogas. Amy era uma mistura confusa de vários estilos, passando ao mesmo tempo uma imagem de mulher forte e desprotegida, às vezes parecia uma mulher, às vezes parecia a sua própria caricatura. Ela não fazia média, não fingia ser o que não era. Amy nos deixa com a sensação de que estamos de volta ao luto na música. “Black to Back”.

22 de jul de 2011

O triste fim da Banda Lopes

Por Mary Camata

Foi com um grande susto que li a notícia dada pelo próprio Lopes de que uma das bandas mais bacanas da cena underground de Cuiabá estava anunciando seu fim. No começo juro que nem acreditei.
Minha história com a Lopes é bonita, tenho um carinho enorme pelos meus “queridinhos”. Pude assistir a banda Lopes em dois estados diferentes. Assisti shows em Rondônia e depois em Tocantins quando eu fui trabalhar em um Festival. Sempre digo que o Rodrigo Lopes, vocalista da banda tinha cara de tudo, menos de vocalista de banda de rock, mas quando o loirinho subia ao palco, era impossível não parar e ficar admirando a performance e a sintonia deste mega power trio, os queridinhos da banda Lopes como eu mesmo intitulei-os.

Em uma entrevista que fiz para a revista Rockazine eu descrevi: “Lopes. Um sujeito loirinho, baixinho, sem tatuagem, cabelo curto e com cara de gente boa. Jamais imaginei o que ele faria no palco. Impossível ver Lopes e seus dois “meninos” Danilo Sossai (baixista) e Rubão Lisboa (baterista) subirem ao palco e não ficar admirada com o timbre da voz de Lopes e suas caras de mal, se transformando em uma figura completamente “rock and roll”. Lopes é rock com a mais perfeita química. Foi assim minha primeira impressão ao ver a banda Lopes lotar shows com inúmeros fãs cantando suas músicas cheias de mensagens de “acorda aí meu povo, olha o que está virando este mundo”.

Então, posso dizer com todas as letras que o rock fica órfão de uma banda que transmite sua mensagem e muito bem, diga-se de passagem, considerada não só por mim, mas por muitos críticos como uma banda importante na cena do rock independente. Fico triste de saber que o rock independente, que não é tão independente assim, deixa de ter mais uma grande banda que protestava com letras inteligentes por onde quer que passasse. Abaixo, segue a carta de despedida do vocalista da banda Lopes, Rodrigo Lopes:

“Venho amadurecendo essa idéia já faz um tempo, uns 6 meses mais ou menos, desde que comecei a minha formação para ser piloto de aeronave. Há uma semana atrás conversei com os meus companheiros de banda e, eles entenderam meus motivos e, não se opuseram, atitude que tornou a ação mais tranqüila. Os motivos, são vários mas, vou citar pelo menos dois, os principais e fundamentais: 

1°- Preciso estar com a minha cabeça pelo menos 90% vazia (já que 100% é impossível) para poder me dedicar à aviação, que a partir de agora será a minha prioridade e futura profissão.

2°- O segundo já é mais complexo, mas vamos lá. Durante 16 anos profissionalmente (pois dos 12 aos 15 foi o descobrimento), me dediquei à música na perspectiva de um dia viver (financeiramente) da mesma, nunca tive banda por hobbie, para comer menininha, pra ter acesso a drogas ou cachaça, e até mesmo para só “fazer um som”, o ultimo exemplo talvez seja o caso da maioria. Sempre me dediquei 100%, na tentativa de sempre fazer o melhor e ser o mais profissional possível. Com o LOPES, meu ultimo e definitivo projeto, estou desde 2004, ou seja 7 anos e, não vejo perspectiva nenhuma de alcançar o meu objetivo (viver de uma banda), o cenário Nacional de uma forma geral com algumas exceções é desolador, amador e desrespeitoso para com o “artista sério”. Não quero mais alimentar um sonho inalcançável. Ser independente é ser altamente dependente, o único caminho de verdade ainda é o mainstream, as gravadoras, Domingão do Faustão, rádios convencionais, MTV , etc. Esses, com certeza, só querem um rosto bonito que faça uma musica bem idiota, para agradar um povo mais idiota ainda, que é o Brasileiro (não é a toa que mais de 80% dos candidatos não passaram no teste da OAB, a trilha oficial hoje dos universitários é o “SERTANEJO UNIVERSOTÁRIO”).

E assim resolvi dar um basta e abrir mão de um projeto que investi durante 7 anos, o LOPES. Desde já quero agradecer demais a todos que de uma forma ou de outra sonharam comigo, em especial minha esposa Caroline e meus companheiros de banda Rubão Lisboa, Danilo Sossai e não menos Ricardo Felippo. Sem drama nenhum, acreditem, não levo magoas e nem acho que foi “TEMPO PERDIDO” mas, minha trajetória na música acaba aqui, pelo menos em banda, fazendo show, estou pendurando a chuteira, passando o bastão, e que venham as próximas gerações.

Resolvi escrever para evitar disse que disse e, para não ter que explicar para um por um isoladamente. Não vou mais conversar sobre esse assunto, o mesmo está sepultado. Lembrando que, o Estúdio Riff (ensaio, gravação e locação) continua firme e forte.”

É Lopes, a gente vai ficar aqui torcendo muito não só por ti mas também pelos seus companheiros e grandes músicos Rubão e Danilo para que continuem fazendo sucesso e que sejam felizes da melhor maneira possível, mas uma coisa não podemos negar e não tem como apagar: A BANDA LOPES É O ROCK.

Começa venda de entradas para o dia extra do Rock in Rio

A partir da meia-noite deste sábado (23), começa a venda de ingressos para o dia extra do Rock in Rio, 29 de setembro. A nova data, que terá atrações como Stevie Wonder, Jamiroquai, Janelle Monáe, Ke$ha, além de um tributo à banda Legião Urbana, foi criada pela organização do evento para contemplar mais pessoas que desejam participar do festival. 
Segundo informações da Ingresso.com, os ingressos custam R$ 190 (inteira) e R$ 95 (meia-entrada), sendo que clientes Itaú pagam R$ 161, e podem ser retirados na bilheteria ou entregues antecipadamente. Cada CPF poderá comprar até quatro unidades, sendo no máximo uma meia-entrada. Não há cobrança de taxa de conveniência e o ingresso vale para todas as atrações da Cidade do Rock. 

21 de jul de 2011

Banda Macaco Bong confirmada para o Festival Poraquê

(Por Mary Camata) Os cuiabanos do Macaco Bong serão uma das atrações já confirmadas para a primeira edição do Festival Poraquê que acontece em Ji-Paraná – Rondônia nos dias 13 e 14 de agosto. A organização do Festival ainda não liberou a programação completa do evento, mas já confirmou a participação de algumas bandas como a banda Strobo (Pará), Vandaluz (Minas Gerais), Beradelia (Porto Velho), Linha Dura (Mato Grosso) e a banda Macaco Bong, também de Cuiabá.

Macaco Bong é uma banda de rock instrumental brasileira, oriunda de Cuiabá, Mato Grosso que começou como um quarteto em 2004 e em 2005 se transformou em um power trio (guitarra, baixo e bateria). Só em 2011, os meninos da Macaco já tocaram com Gilberto Gil e fizeram um espetáculo chamado “Macaco Bong e convidados”, se apresentando por vários países como Canadá, Argentina e Espanha. O clipe da música Shift já teve quase 100 mil acessos e está sempre na programação da MTV. A programação completa do Festival Poraquê você confere em breve aqui no Blog A La Maryjanne.

Rock in Rio anuncia última atração internacional

A cantora KeSha é a última atração
anunciada para o Rock in Rio

O Rock in Rio anunciou nesta semana a última atração que faltava para completar o line-up do Palco Mundo. Conforme o site Oglobo, a cantora americana Ke$ha vai se apresentar no dia extra do festival, 29 de setembro, juntando-se a Stevie Wonder, Jamiroquai, Janelle Monáe e Concerto Sinfônico Legião Urbana, reunião da Orquestra Sinfônica Brasileira com os ex-legionários Marcelo Bonfá e Dado Villa Lobos e convidados.
A cantora de 24 anos vai apresentar sucessos de seus dois discos - "Animal" e "Cannibal" - lançados no ano passado. No roteiro, estão os hits "Tik Tok", "Blah blah blah","We R Who We R", "Your love is my drug" e "Blow".

INGRESSOS - A venda de ingressos para o dia extra do Rock in Rio 2011 começará às 00h01min do dia 23 de julho, somente pelo site oficial do Rock in Rio. Os ingressos continuam com o mesmo valor: R$ 190 (inteira) e R$ 95 (meia-entrada). As compras serão feitas apenas por cartão de crédito e poderão ser parceladas em quatro vezes. Cada CPF está limitado à compra de quatro ingressos (sendo que, destes, apenas um poderá ser de meia-entrada).

20 de jul de 2011

Detonautas disponibiliza música nova para download



(Por Mary Camata) Os cariocas da banda Detonautas disponibilizaram através de suas redes sociais mais uma nova música de trabalho.  Com o nome de Combate, o vocalista Tico Santa Cruz falou em seu blog que a nova música será trilha do Canal Combate e que terá o clipe gravado em um Centro de treinamentos de MMA. “Todo e qualquer Blog, Rádio, RádioWEB, disseminador de informação e conteúdo é bem vindo nessa batalha. Estamos disponibilizando gratuitamente para nossos seguidores, fãs e admiradores a nova música Combate que será trilha do Canal Combate e terá o clipe gravado no Centro de Treinamento de um dos maiores lutadores de MMA do País e que representa nossa nação no UFC - o GRANDE MINOTAURO - em breve teremos as imagens.



19 de jul de 2011

SWU anuncia Faith No More

O SWU anunciou a banda norte-americana Faith No More que se apresentará dia 14/11


Mais uma banda foi confirmada para o Festival SWU. A banda Faith No More, formado em São Francisco, Califórnia, em 1982. Em seus primeiros anos, diversos nomes, incluindo Courtney Love, ocuparam a vaga de vocalista no grupo. Considerado uma das maiores bandas de rock dos anos 1990, a banda ganhou notoriedade no Brasil com a passagem constante do vídeo musical de “Epic” na MTV. Em 98, seus membros decidiram acabar com a banda, anunciando um retorno aos palcos em maio de 2009, para alegria de fãs.

Outros nomes já confirmados para o evento são Peter Gabriel, Megadeth, The Black Eyed Peas, Snoop Dogg, Damian Marley e Sonic Youth, além dos DJs Sven Väth, Frankie Knuckles e James Murphy. Neil Young também participa do evento como palestrante do Fórum de Sustentabilidade. Com informações da Assessoria do Festival.


Festival Casarão divulga programação

O rapper Emicida (SP) é uma das atrações do Festival Casarão.

O público que estava ansioso esperando por uma confirmação, pode ficar tranquilo: a 12ª edição do Festival Casarão vai acontecer e já tem data e programação. Do dia 4 ao dia 7 de agosto, Porto Velho recebe bandas nacionais e da região, que juntas, transformarão a cidade na capital do rock.
Nesse ano, o evento acontece em três lugares durante os quatro dias. O Cantina do Porto abre as portas na quinta-feira (4), para receber as bandas Jam (RO) e O Melda (MG) e discotecagem de Bruno Dias, da Urbanaque (SP).
Na sexta-feira e no sábado, é a vez do Pioneiros Pub revelar sua decoração voltada à história de Porto Velho e ceder espaço para bandas de Rondônia, Roraima e Amazonas. É durante esses dois dias que se apresentam as duas atrações nacionais do Casarão 2011: Dead Fish (5) e Canastra (6).
Direto do Espírito Santo, o Dead Fish é a atração do dia 5. Formados por quatro integrantes, a banda, que já existe há 20 anos, ficou conhecida por divulgar o hardcore.
No dia 6, quem sobe ao palco é a banda Canastra, composta por seis integrantes, entre eles, Rodrigo Barba, baterista do Los Hermanos. A banda é conhecida pela mistura de ritmos como jazz, samba, MPB, country e, é claro, rock. O público ainda terá uma surpresa: uma banda consagrada também estará no festival, mas seu nome só será revelado aos poucos, por meio de dicas liberadas nas redes sociais.
Seguindo os passos da edição de 2010, nesse ano o público também terá um dia gratuito de som. No domingo, dia 7, o Mercado Cultural recebe quatro bandas do Estado, além do rapper Emicida (SP) que fechará o festival.
O Festival Casarão 2011 conta com o apoio cultural da Associação Brasileira de Festivais Independentes (Abrafin), Fora do Eixo, Toque no Brasil, Coletivo Caos, além do Governo do Estado de Rondônia, por meio da Secretaria de Cultura, Esporte e Lazer (Secel). Com informações da Assessoria.

Programação Oficial

Dia 4/08 (quinta-feira)
Local: Cantina do Porto
Bandas
Jam (RO)
O Melda (MG)
Bruno Dias (Urbanaque – SP)
Couvert: R$ 5

Dia 5/08 (sexta-feira)
Local: Pioneiros Pub
Bandas
Zane (RO)
Sub Pop (RO)
Mr. Jungle (RR)
Ultimato (RO)
Dead Fish (ES)
Entrada: R$ 15

Dia 6/08 (sábado)
Local: Pioneiros Pub
Bandas
Expresso Imperial (RO)
Versalle (RO)
Djalma Lúcio (MA)
Di Marco (RO)
Mezatrio (AM)
Canastra (RJ)
Entrada: R$ 15

Dia 7/08 (Domingo)
Local: Mercado Cultural
Bandas
Hell Fire (RO)
NEC (RO)
Bedroyt (RO)
Beradelia (RO)
Emicida (SP)
+ Banda Surpresa
Entrada gratuita

Rock in Rio divulga programação do dia extra

O Rock in Rio divulgou as atrações do dia extra do Festival que acontece dia 29 de setembro
O Festival Rock in Rio divulgou as atrações da data extra do Festival . Neste ano, o Rock in rio estará acontecendo nos dias 23/09, 24/09, 25/09, 29/09, 30/09, 01/10 e 02/10 no Parque Olímpico da Cidade do Rock, na Barra daTijuca, no Rio de Janeiro.
Grandes nomes foram confirmados para a data de 29 de setembro como Jamiroquai, Janelle Monáe, Joss Stone, Afrika Bambaataa, Legião Urbana e o pianista e cantor americano Stevie Wonder (foto) com seu álbum mais recente "A time to love", lançado em 2005.
 Segundo informações do site Ingresso.com, Para o público em geral, os ingressos serão vendidos apenas pela internet a partir do dia 23 de julho no site Ingresso.com. 

11 de jul de 2011

System of a Down anuncia show em São Paulo

Uma das maiores bandas do heavy metal chega ao Brasil em outubro

Considerada um dos principais expoentes da cena metal da última década, a banda System of a Down já tem confirmada sua primeira passagem por São Paulo: eles fazem uma única apresentação na capital paulista no dia 1º de outubro, quando prometem incendiar a Chácara do Jockey, em mais uma produção da XYZ Live. Formada nos EUA em 1992, a banda se tornou famosa pelo uso inusitado dos mais variados instrumentos em suas gravações e apresentações e também pelas letras de suas canções, que misturam temas sociais e visões políticas.

Durante quatro anos, de 2006 a 2010, a banda decretou um hiato de shows, mas no final do ano passado voltou em grande estilo, anunciando apresentações em vários festivais europeus – Germany’s Rock Im Park, Rock Am Ring, Milan’s Fiera Arena, Download festival, Paris Omnisports, Switzerland’s Greenfield Festival, Austria’s Novarock, Berlin’s Wuhlheide, Gothenburg’s Metaldown e Finland’s Provinssirock, entre outros.
No Brasil a banda é esperada há muito tempo – em uma pesquisa realizada junto ao público pelo Rock In Rio, a banda ficou em primeiro lugar na relação das atrações de rock que o público mais queria ver, com quase meio milhão de votos. Os ingressos para o show de Sâo Paulo começaram a ser vendidos a partir do dia 11 de julho, segunda-feira, pela www.livepass.com.br

SOAD - A banda System of a Down (SOAD) foi formada em Glendale, Califórnia, em 1992. Usa uma grande variedade de instrumentos, incluindo guitarra barítona, bandolins elétricos, cítaras, violões de doze cordas entre outros instrumentos asiáticos. Suas principais influências são as bandas mais antigas de rock alternativo, mas eles também foram influenciados peloheavy metal, punk rock, jazz, fusion, música folk da Armênia, rock, rockclássico, blues e industrial. Foi indicada para quatro Grammys, ganhando um em 2006 por Melhor Performance de Hard Rock pela canção “B.Y.O.B.”. A banda também foi indicada para vários prêmiosKerrang! e MTV. Com informações do Midiorama.

7 de jul de 2011

SWU confirma vinda da banda Sonic Youth

O SWU confirmou nesta quinta-feira (7) a escalação da banda norte-americana Sonic Youth. O evento será realizado em novembro na cidade de Paulínia, interior de São Paulo. O SWU anunciou suas primeiras atrações na semana passada. Por enquanto, estão confirmados shows de Black Eyed Peas, Peter Gabriel, Snoop Dogg, Megadeth e Damian Marley além de performances dos DJs James Murphy, líder do LCD Soundsystem, Frankie Knuckles e o alemão Sven Väth.
Esta será a quarta vinda da banda nova-iorquina ao Brasil. Eles se apresentaram em 2000 no festival Free Jazz, em 2005 no festival Claro que é Rock e em 2009 no Planeta Terra. Segundo a organização do evento, o festival terá cerca de 70 atrações nacionais e internacionais divididas em 4 palcos, sendo que três serão ao ar livre. Com informações do site UOL.

6 de jul de 2011

Confirmado show do Pearl Jam no Rio em novembro

A apresentação será na Praça da Apoteose.
A banda norte-americana Pearl Jam irá se apresentar no Rio de Janeiro no dia 6 de novembro. A informação foi divulgada no site da Rio Tur, empresa de turismo da cidade. De acordo com a publicação, o show será na Praça da Apoteose.
Com vinte anos de estrada completados em 2011, o grupo liderado por Eddie Vedder se apresentou uma única vez no Brasil, em 2005. Na ocasião, eles tocaram em São Paulo, Rio de Janeiro, Curitiba e Porto Alegre. Ainda não há informações sobre preços dos ingressos e início das vendas. Com informações do site Territorioeldorado.

4 de jul de 2011

Brasil terá edição do festival Lollapalooza

Um dos maiores festivais de música do mundo, o Lollapalooza vai ganhar uma edição brasileira em 2012. O evento criado por Perry Farrell, vocalista do Jane's Addiction, acontecerá nos dias 7 e 8 de abril no Jockey Club de São Paulo. A informação foi confirmada pela Geo Eventos, que trará o festival ao país. A empresa é a mesma que realizou o festival F1 Rocks, com Eminem, em São Paulo, no ano passado. O anúncio oficial será feito logo após a edição comemorativa de 20 anos do Lollapalooza, que acontece de 5 a 7 de agosto, em Chicago, no Estados Unidos.

Criado em 18 de julho de 1991, em Phoenix, no Arizona, o Lollapalooza começou itinerante até estabelecer-se em Chicago, em 2005. Desde seu nascimento, tornou-se o arquétipo ambicioso para os modernos mega-festivais surgidos desde então - Bonnaroo, Coachella e uma legião de pequenos eventos. A maioria dos festivais anteriormente era focada em um único tipo de música ou fã. Farrell abriu um grande guarda-chuva, misturando pop, rock, hip hop e eletrônica, escancarando portas para bandas que muitas vezes estavam acostumadas a fazer turnês por pequenos clubes.

Este ano, o festival aconteceu pela primeira vez fora dos Estados Unidos com uma edição em Santiago, no Chile, o que levou a especulações sobre uma expansão pela América Latina - agora confirmada com o anúncio do evento no Brasil. Tocaram no Chile nomes como Kanye West, The Killers, Flaming Lips e Jane's Addiction. Com informações do site OGlobo.