26 de ago de 2009

Banda Inimitáveis em Ji-Paraná e Vilhena


A banda cuiabana Inimitáveis estará fazendo um show na cidade de Ji-Paraná nesta sexta-feira (28) durante a Edição do Festival Eu Quero é Rock, realizado pelo Coletivo Interior Alternativo. O evento deve acontecer na Praça do Teatro (si não houver mudança por causa do clima) a partir das 18h30 e a entrada é franca. É a primeira vez que o quarteto garboso se apresenta na cidade e estão com gás total para agitar a galera de Jipa.
Em 2008 a banda iniciou suas composições e, em meio a shows e entrevistas, lançaram em janeiro de 2009 o primeiro single, "Mulher do Cabaré". Junto ao lançamento surgiu o convite para o maior festival integrado da América do Sul, o Grito Rock, onde tocaram nas edições de Cuiabá-MT e Londrina-PR.
Agora em julho a banda lança o novo single "Véspera" com uma mini-tour com os Brothers of Brazil (Supla & João Suplicy). Nesses quase 2 anos de banda, Os Inimitáveis já passaram por palcos de todo o Brasil e ainda dividiram palcos com grandes nomes do mainstrain e independente, de Capital Inicial à Wander Wildner e de Érika Martins à Paulo Ricardo, a lista é grande. No palco não abrem mão de terno preto e all star no pé, além é claro de uma performance "extravagantemente ousada".


VILHENA - No sábado (29), o Puby Bar vai ser palco da banda mais charmosinha do rock n roll, Inimitáveis apresentará os grandes hits da Jovem Guarda além de suas canções. É a segunda vez que a banda toca em terra vilhenense. A primeira vez foi em 2008, mas a banda está com a bagagem ainda maior para o show deste sábado. Mais informações sobre o evento: (69) 8114-7914.

* Curiosidade: Acesse o clipe que já teve mais de 10.300 acessos: http://www.youtube.com/watch?v=uq466TW7ugw


* Saiba tudo sobre a banda no site www.inimitaveis.com.br

25 de ago de 2009

Festival Casarão terá seminários e workshop

Já começou a ser divulgada a programação para o IV Seminário de Cultura, História e Rock na Floresta, que faz parte da grade de programação do Festival Casarão 10 anos. O Festival Casarão que comemora sua décima edição começa sua programação na quarta-feira (02) com a Prévia do Casarão, que acontece no Antiquarius Pub com as bandas Cerva Grátis (PB), Ultimato (RO) e Ap12 (RO). Na quinta-feira (03), acontece no auditório da Faculdade São Lucas o “Especial Casarão – Sempre Um Papo”, com a banda Pato Fu e logo depois no Piratas Pub, acontece a segunda parte da Prévia do Casarão com as bandas Johny Rockstar (PA), Bicho Du Lodo (RO) e Trap (RO).
Na sexta-feira (04), a programação do Festival Casarão começa às 14h, na Biblioteca Municipal com um seminário sobre o Circuito Fora do Eixo com Pablo Capilé (Festival Calango) e com Talles Lopes (Festival Jambolada). As 16h30, um seminário com o tema “Associando-se na Música: Casas e Abrafin”, trará o Presidente da Casas Associadas, Claudião Pilha e o diretor institucional da Abrafin, Aluizer Malab.
No sábado (05), às 10h, na Unir, acontece um workshop com o tema “Como fazer um vídeo independente”, com o cinegrafista Orlando Lima, do canal Amazon Sat e as 14h30, acontece uma mesa redonda sobre o “Circuito Rondoniense de Música Independente” em um encontro dos Coletivos de Rondônia (Raio Q U Parta, Interior Alternativo e Vilhena Rock). O organizador do evento, Vinicius Silva Lemos, falou sobre a programação: “O nosso principal objetivo é discutir sobre cultura, discutirmos sobre o futuro da musica. Uma manifestação cultural igual o Festival Casarão tem que ir além da simples forma de transmissão cultural pelo show. Temos que pensar em debates e na política da cultura. Devemos estar ligados na economia da cultura e como fazer para melhorarmos isso e o estado e a cidade mostram que esses debates acabam sendo até mais importantes que os shows em si”, disse Vinicius.

PASSAPORTE - As atrações do Festival Casarão se apresentarão nos dias 04,05 e 06 de setembro, a partir das 19 horas, no Clube Mirante 2 e Meio. Os passaportes para participar do Festival Casarão e dos seminários estão a venda nas lojas Tutto Bello, Discolandia e Capri Bijouteria, podendo ser adquiridos no valor de R$ 60 reais, dando direito à participação em todos os seminários e a toda programação do final de semana.

* Mais informações: imprensacasarao@gmail.com

24 de ago de 2009

Prorrogada venda dos passaportes para o Festival Casarão

Foram prorrogadas até o próximo sábado (29) a venda dos passaportes antecipados para o Festival Casarão 10 anos, que acontece no próximo mês de setembro entre os dias 04 e 06 de setembro, no Clube Mirante 2 e Meio, em Porto Velho.
Os passaportes antecipados que estão sendo vendidos dará direito aos três dias do festival. Na sexta-feira (04), serão sete bandas de vários estados além da banda mineira Pato Fu. No sábado (05), a noite será open bar com nove bandas que sobem ao palco além da banda carioca Moptop e no domingo (06), mais nove bandas se apresentam no festival e a banda paulista Ratos do Porão encerra o evento.
Os ingressos custam R$ 120 reais mas podem ser adquiridos por R$ 60,00 com carteira de estudante ou através da meia social. “A meia social são para as pessoas que não possuem carteirinha de estudante e estiverem levando 1 kilo de alimento não-perecível por dia, ganhará um desconto podendo comprar seu passaporte no valor de R$ 60 reais além de estar colaborando com a Paróquia São Luiz Gonzaga, disse o organizador do Festival Vinicius Lemos. Os passaportes limitados podem ser adquiridos na loja Tutto Bello, na Discolandia e na Capri Bijouteria.

Assessoria: Mari Camata
e-mail: imprensacasarao@gmail.com

20 de ago de 2009

Festival Casarão traz o rapper Linha Dura

Paulo Fagner da Silva Ávila, mais conhecido por Linha Dura, é um Rapper Cuiabano engajado em movimentos sociais e militantes do hip hop, desde o ano de 1996. A influência familiar traz em sua veia os sons da raiz negra e uma história de muita magia musical que embalou sua infância na cidade de Barão do Melgaço ( MT), cidade rica na preservação da cultura popular passando de geração a geração os ritmos e os mitos do Siriri e Cururu. Para Linha Dura este foi o início de uma grande história musical, pois desde então o som e a importância da valorização da cultura popular tem influenciado e muito suas composições. Segundo Linha Dura “o Siriri e o Cururu são mais do que sons, é uma manifestação afro-mato-grossense”. Linha Dura busca a valorização da cultura popular por meio da música.


LETRAS - As letras de suas músicas são inspiradas em temas relevantes para o movimento Hip Hop, como contextos sócio-político, cultural e educacional, refletindo a realidade das ruas, dos jovens viciados. Todos estes contextos das lutas sociais lhe permitiram buscar inspiração em grandes nomes, como Paulo Freire dentre outros tantos que o tem inspirado. Essa inspiração tem dado outro tom em suas letras e também nos mostra o que o rapper Linha Dura tem de diferente. Essa diferença fica evidente quando ouvimos a música Pensamento Próprio, quando ele traz à tona a discussão sobre o processo da degradação educacional em nosso país, contextualizado por uma fala de Paulo Freire falando sobre a importância das lutas e das marchas pela causas sociais. Os ritmos utilizados são extensas pesquisas feitas ao longo de sua trajetória musical, passando pelo Jazz, Bossa Nova, músicas africanas e sem deixar de lado claro o Siriri e o Cururu. Para ele Rap é uma mistura de tudo isso e muito mais.


PRODUÇÃO CULTURAL - Tem grande atuação em projetos sociais no Mato Grosso através da CUFA (Central Única das Favelas) e vem estimulando ações sociais em Goiânia, Brasília, Mato Grosso do Sul e outras regiões fora do eixo. Sua bandeira é a atuação social por meio do Hip Hop.


PRÊMIOS - Linha-Dura acumula prêmios, como o "Abril pro Rap", realizado em 2001 na cidade de Brasília, onde, junto com o seu extinto C4, foi considerado o melhor grupo de rap do Centro-Oeste. Recebeu também o Prêmio Hutúz - o maior da América Latina no segmento Hip-Hop na categoria demo, ficando entre os cinco melhores. Sucesso absoluto, o mais recente CD lançado pelo Selo Nova Guarda “O Caminho da Resistência (Tchapa e Cruz)” teve grande repercussão na mídia especializada. Disco este com uma diversidade musical inexistente no estado, que utiliza o som, ritmo e letras para falar sobre educação, valorização da cultura local, políticas públicas e protestos. Características estas fundamentadas na cultura do povo cuiabano, onde são registrados os momentos marcantes da história regional.

* Conheça o som do rapper Linha Dura: www.myspace.com/linhadura

18 de ago de 2009

Festival Casarão recebe visitantes do Belém do Pará

Helaine Cavalcante, 21 anos, jornalista e presidente do Fã-Clube da banda Johny Rockstar, virá a Rondônia só para conferir o show da sua banda preferida que irá se apresentar no Festival Casarão no sábado (05/09). “ Conheci a banda Johny Rockstar em 2006, durante um festival que acontece em Belém onde várias bandas nacionais e internacionais se apresentam. Já haviam me falado que essa banda era muito boa, então parei pra ver o show deles neste festival... me encantei com o som, e mais ainda com todo mundo cantando as letras das músicas de uma banda q não tinha nem um ano de existência e nem CD gravado. No meio do show os meninos cantaram junto com Wander Wildner, descobri q foi o próprio Wander q pediu pra tocar com eles. Me apaixonei de cara.”, Conta Helaine que passou a acompanhar a banda durante dois anos sem nunca ter falando com nenhum integrante. “Eles sempre foram bem solícitos e educados com todos, na verdade, os “Johnys” são uns lords, é impossível encontrar um ser humano que não se apaixone por eles, pela bondade no coração q cada um tem”, derrete-se. Helaine disse que passou a ir a todos os shows da banda. “ Até passei a ouvir outras bandas paraenses por causa deles e hoje até faço assessoria para uma banda e já ajudo a organizar alguns eventos”, disse.

FÃ-CLUBE
Em outubro de 2008, Helaine fundou o Fã Clube Johny Rockstar que possui oficialmente 18 membros. “Hoje somos todos uma família. Ajudamos a banda a vender ingresso antecipado até assessoria e divulgação dos eventos que eles tocam. Estaremos sempre fazendo de tudo pra Johny dar certo e ser um grande sucesso”, diz Helaine orgulhosa. O vocalista da banda Johny Rockstar, Eliézer Andrade falou sobre a relação da banda com o fã-clube: “A banda começou a perceber a presença de algumas pessoas em comum nos shows e começamos a falar com eles no final das apresentações. Depois de um tempo esses amigos e amigas montaram um fã clube e nossa relação aumentou graças a dinâmica de reunião que eles montavam pra ir aos shows da banda. Antes de tocarmos existe um ritual.... Nos encontramos, comemos pizza ou outra coisa qualquer e depois vamos pro show. Para nós é um privilégio a presença deles”, disse Eliézer. “Mesmo não acostumados com a idéia de ter um fã-clube, acho que é o resultado do nosso trabalho. Somos muito criteriosos com nossa música no que tange ao modo como somos ouvidos durante os shows. Nos shows da Johny Rockstar todos se divertem com a gente e tudo acontece de forma espontânea. Isso é que é importante”, enfatizou. Eliézer ainda falou sobre o show que estarão fazendo no Festival Casarão. “Estamos muito ansiosos com essa possibilidade de tocarmos em Rondônia”, finalizou o vocalista.

JOHNY ROCKSTAR
Johny Rockstar tem rock ácido pulsando e a pegada forte pra agitar qualquer lugar, é empolgante; mas também tem suas baladas românticas para os mais apaixonados; pode ser a história de cada um, ou a história de ninguém; É fácil se identificar tanto com a temática das letras, quanto com a musicalidade desses garotos. É música pop rock de qualidade e universal, sem deixar de ser local.
* Para ouvir o som da banda, acesse: www.myspace.com/johnyrockstar.

13 de ago de 2009

Já estão a venda os passaportes para Festival Casarão 10 anos

Já começaram a ser vendidos desde a última quinta-feira (13), os passaportes antecipados para o Festival Casarão 10 anos, que acontece no próximo mês de setembro entre os dias 04 e 06/09, no Clube Mirante 2 e Meio, em Porto Velho.

Os passaportes antecipados serão vendidos até o próximo dia 20 de agosto e dará direito aos três dias do festival. Os ingressos custam R$ 120 reais ou podem ser adquiridos por R$ 60,00 através da meia social. “A meia social são para as pessoas que não possuem carteirinha de estudante e estiverem levando 1 kilo de alimento não-perecível por dia, ganhará um desconto podendo comprar seu passaporte no valor de R$ 60 reais e conferir a vasta programação no total de 28 bandas vinda de vários estados além de estar colaborando com a Paróquia São Luiz Gonzaga, a qual no ano passado conseguimos arrecadas 1,5 tonelada de alimentos.”, disse o organizador do Festival Vinicius Lemos.

Os ingressos estão sendo vendidos na loja Tutto Bello, na Discolandia e na Capri Bijouteria. Os ingressos individuais estarão sendo vendidos a partir do dia 20 de agosto.

FESTIVAL CASARÃO - O Festival Casarão completa dez anos e fez questão de criar uma vasta programação, envolvendo um total de 28 bandas de nove estados além de uma banda vinda da Bolívia, terá como atrações principais a banda mineira Pato Fu, a carioca Moptop e a banda paulista de hardcore Ratos do Porão.


Assessoria: Mari Camata
e-mail: imprensacasarao@gmail.com

3 de ago de 2009

Festival Casarão realiza prévia em Ji-Paraná e em Porto Velho


No último final de semana, O Festival Casarão 10 ano, que tem data prevista para acontecer em setembro, fez o lançamento do evento em duas cidades. Na última quinta-feira (30), na Big´s Wiskeria, em Porto Velho, o espaço ficou pequeno para o tanto de gente que compareceu ao evento para conferir o show da banda portovelhense Miss Jane que abriu a noite de lançamento do evento. O organizador do evento, Vinicius Lemos, falou da satisfação em receber um público tão grande na prévia do Festival: “ Foi muito bom receber uma casa cheia de gente. A banda Los Porongas não tocava em Porto Velho há 3 anos e o público queria muito ver. Estamos muito felizes em ver que no lançamento do Festival já começamos a fazer história com esses 10 anos”, disse Lemos. A banda acreana Los Porongas que foi a atração principal da noite, seguiu para o lançamento do Festival Casarão em Ji-Paraná, nesta sexta-feira (31).

JI-PARANÁ - Em Ji-Paraná, a Noite Fora do Eixo realizou o lançamento do Festival Casarão no Original Bar na sexta-feira (31). O palco foi pequeno para a apresentação dos acreanos da Los Porongas que cantaram seus sucessos acompanhado da grande presença de palco do vocalista Diogo que encantou a todos que estavam presentes. A noite teve abertura com a banda ji-paranaense Di Marco que será a única banda da cidade a se apresentar no Festival Casarão que acontece no período de 04 a 06 de setembro, no Clube Mirante 2 e Meio, em Porto Velho.

LOS PORONGAS – O vocalista da banda Los Porongas, Diogo Soares, falou sobre a volta da banda ao estado de Rondônia onde sempre são muito bem recebidos: “ Nós ficamos muito felizes em podermos estar de volta a Rondônia, tocando em duas cidades. O que fez a gente retornar, foi acreditar em nossas músicas e ver o quanto as pessoas estavam com saudade. É gratificante ver todo mundo cantando com a gente. Cada momento foi emocionante”, disse Diogo.
Diogo ainda falou sobre o amadurecimento da banda com o passar do tempo. “As idéias estão sempre mudando, o mundo muda e nós precisamos estar sempre evoluindo dentro daquilo que é positivo. Após a passagem rápida por Rondônia, a banda segue para alguns shows no Acre, cidade natal da banda.