9 de jun de 2016

Sem apoio e sem patrocínio, 13º edição de Tendencies Rock Festival começa nesta sexta

A banda Moxine (SP) é atração do primeiro dia do evento
Nesta sexta-feira (10/06), começa a 13ª edição do Tendencies Rock Festival, na capital de Tocantins, em Palmas. Ah que saudade deste festival querido! Com uma programação que sempre mistura bandas tocantinenses que estão começando, com grupos já consagrados de diferentes estados brasileiros, o Festival vai acontecer durante dois fins de semana e promete movimentar a capital de Tocantins em quatro dias de shows dos mais diferentes gêneros e sub-gêneros musicais. Eu que já tive a oportunidade de acompanhar duas edições do Tendencies Rock Festival, sou uma admiradora do trabalho realizado pelo idealizador do evento, André Porkão.

Vinte e duas bandas vão subir ao palco do festival nesta edição. Com uma programação super diversificada, o Tendencies Rock desse ano traz um line-up composto por indie, rock, disco, blues e hardcore. Pra essa edição, o festival promove o intercâmbio de músicos brasileiros e internacionais, abrindo espaço para novas tendências sonoras, possibilitando que os artistas daqui possam dialogar com artistas mais experientes.

Para começar, cinco bandas se apresentam no evento na sexta-feira. A noite conta com uma programação dominada pelos tocantinenses, em uma sequência de quatro apresentações com grupos locais, Bonovo (TO), Scott (TO), Toca Blues (TO) e Wizened Tree (TO). Pra fechar, os paulistas do Moxine, com mais de oito anos de estrada, retornam a Palmas pra mandar seu disco rock pro público do evento. A banda é comandada por Mônica Agena que também é backing vocal da banda Natiruts.

No sábado, a noite começa com o show do grupo Four Fones (TO) e segue com Diamente (TO), Ivan Marcio feat. Martin Burguez (SP/ARG), The Gallo Power (GO) e termina com o blues experiente e bem executado da Igor Prado Band (SP).


Na próxima sexta, 17/06, o Tendencies continua com mais música. No segundo fim de semana, a programação segue com os shows das bandas STF (TO), ETNO (DF), A Orden S/A (TO), Rocan (DF) e Trampa (DF). Para encerrar a noite mais pesada do festival, o último dia, 18, começa com apresentação dos tocantinenses da Agorah, e segue com os grupos Autocracia (TO), Indogma (TO), Girlie Hell (GO), Escarnnia (TO) e finaliza com os paulistanos e hardcores da DPR.

Sem apoio, a 13ª edição do evento está acontecendo sem a ajuda de entidades públicas ou privadas. O organizador do Festival, falou sobre as dificuldades de se fazer um evento sem patrocínio. “Já que a situação está difícil, optei por fazer o evento desse ano gratuito. A ideia é lotar o espaço, fazer bonito e mostrar o quanto é bacana promover o som autoral, independente e variado”, conta o idealizador. A organização lembra que o festival começa todos os dias, pontualmente, às 21h45.

Ingressos gratuitos
Na última quarta-feira (1º/06), o público pode retirar seu ingresso de graça no Tendencies Music Bar. Antecipadamente a organização entregou 75 ingressos para cada dia de evento. A partir de agora, quem quiser comparecer a 13ª edição do Tendencies pode retirar seu ingresso gratuitamente até às 18h de cada dia do festival. A entrada pode ser trocada por 1kg de arroz, feijão ou um litro de óleo. Quem não retirar o ingresso com a troca do alimento, na hora do evento, terá que pagar na bilheteria do local. “Se a galera se programar, dá pra ir a todos os dias do festival gratuitamente, sem pagar nada e ainda dá pra contribuir com instituições de caridade”, finalizou André. Com informações da Assessoria.  



8 de jun de 2016

Banda Scalene se apresenta em Porto Velho neste sábado

Foto: Divulgação/GSHOW
(Por Mary Camata) O Circuito SOMA, traz para sua décima edição, uma das bandas mais comentadas no atual cenário do rock nacional. Do Distrito Federal para o Brasil, a Banda Scalene, que foi finalista do Programa SuperStar da Rede Globo, estará se apresentando no próximo sábado (11/06), no Zé Beer,  na capital Porto Velho.

Conheci a banda Scalene durante o Tendencies Rock Festival, festival de rock do amigo André Porkão que acontece todo ano em Palmas, Tocantins. André Porkão é uma das figuras mais emblemática dos eventos de rock e ele sabe o que é bom. Me lembro dele falando: “Mary, presta atenção nessa banda que vai tocar agora, eles não são só bonitos não, eles são bons”, dizia André Porkão no ano de 2014, quando a banda Scalene ainda nem sonhava estar fazendo esse sucesso triplicado de lá para cá.

Os meninos da Scalene divulgam atualmente o segundo álbum da banda, intitulado Éter, que possui composições na mesma linha do disco anterior Real/Surreal, mas com letras e sonoridades mais elaboradas e sublimes. Perguntei para os meninos sobre a expectativa de tocarem pela primeira vez em Rondônia. “Estamos muito empolgados e curiosos. Não sabemos o que esperar, apesar de estarmos ligados que tem uma galera daí que conhece a gente. Vai ser demais”, disseram.

De acordo com informações dos organizadores dos eventos do Circuito SOMA, os ingressos estão a venda na loja Rommanel, na Barbearia Dom Casmurro (Av. Campos Sales, 3292), na Jr. Sun (Centro e Shopping) e na Maria Chica (Av. Jatuarana). O evento é organizado pelo Mosh! Crew e Nobody Produções em parceria com a empresa Rommanel.


6 de mai de 2016

Kid Abelha anuncia fim da banda

Por Mary Camata

Pra quem ainda não sabe, a banda Kid Abelha anunciou no final do mês de abril o fim do grupo após mais de três décadas de carreira. Formada por Paula Toller, George Israel e Bruno Fortunato, o grupo criou grandes hits como “Como eu quero”, “Fixação”, “Lágrimas e Chuva”, “Nada sei” e "Pintura íntima", músicas que fizeram parte da adolescência de muitos de nós.

Formado nos anos 1980, o Kid Abelha gravou no total 16 discos e suas músicas sempre são tocadas por outras bandas. Em entrevista ao site O Dia, a cantora Paula Toller relembrou a trajetória do grupo e afirmou que a banda que durou 30 anos terminou por sua decisão. Ao ser questionada sobre o futuro do grupo, a cantora afirmou que o Kid Abelha acabou. "Acabou carreira de show, disco. Foi uma decisão minha, difícil, demorada, mas teve uma hora em que eu não sentia mais o espírito de grupo", declarou ela, que ainda acrescentou: "Já estava desestimulada de lançar coisas novas. Mas foi muito bom enquanto durou".

Eu seu perfil do Facebook, Paula falou que tiveram um final suave, evitando o sensacionalismo, com a convicção de que a trajetória vitoriosa sempre se deveu ao entusiasmo e dedicação sempre renovados a cada disco. “A vontade de experimentar outras formas de criar e o desgaste natural de tanto tempo juntos nos levaram a essa decisão”, continuou.

Os membros da banda já alardeavam o fim da banda, mas ainda não haviam feito um pronunciamento oficial. “Foram três décadas de sucesso, aventuras, amizade, e também de momentos difíceis, altos e baixos dessa carreira desafiadora que escolhemos. Pela nossa filosofia e pelo amor à música, nunca tivemos o dinheiro como norte, e sim como consequência (ou não) de um trabalho original e bem realizado, que se tornou paradigma de pop-rock brasileiro”, finalizou.


Aerosmith confirma shows no Brasil em outubro

A banda americana Aerosmith confirmou que fará shows no Brasil em outubro. A turnê Rock n' Roll Rumble - Aerosmith Style 2016 passará por Porto Alegre (Estádio Beira Rio), no dia 11 de outubro, São Paulo (Allianz Parque), no dia 15, e Recife (Classic Hall), dia 21.

Para quem não quer perder o show, o aviso é de que acabaram os ingressos para o show em Porto Alegre. Em quatro dias, os fãs adquiriram todos os bilhetes de arquibancada, plateia e pista premium. A  venda começou na última segunda (2), apenas para membros do fã-clube. Na terça (3), abriu para o público geral. Na quinta (5), a organização do evento informou que todas as entradas foram adquiridas.

Esta vai ser a sexta passagem do Aerosmith pelo Brasil. A primeira visita aconteceu em 1994. Depois, o grupo voltou em 2007, 2010, 2011 e 2013. Em Porto Alegre, será o segundo show. Em 2010, a banda tocou no Estacionamento da Fiergs, em maio, para um público de cerca de 15 mil pessoas.


As entradas custam entre R$ 130 (meia-entrada para cadeira superior) e R$ 680 (inteira para pista premium) e podem ser adquiridas nas bilheterias oficiais (sem taxa de conveniência), nos pontos de venda e no site ingressorapido.com.br.

Planet Hemp, Autoramas e MC's HC fazem show beneficente

Quinta-feira foi dia de rock e amor no Circo Voador, no Rio de Janeiro. A edição carioca do HARDCUORE FEST, evento em prol do tratamento de coração da estilista Layana Thomaz, juntou na mesma noite shows dos Autoramas, Mc´s HC e Planet Hemp, além de e Marcelinho da Lua no som.

Em meio a uma turnê de reunião com shows concorridos pelo país, Planet Hemp e Autoramas abriram mão de cachê para se apresentem na casa da Lapa ("o melhor lugar para ver o Planet Hemp em todo o Brasil", segundo BNegão) com o objetivo de arrecadar fundos para a estilista Layana Thomaz, que passa por um caro tratamento cardíaco.

Batizado de Hardcuore Fest, o evento contou com show da banda Autoramas — cujo vocalista, Gabriel Thomaz, é irmão de Layana —, que apresenta seu mais recente trabalho, o elogiado álbum "O futuro dos Autoramas", lançado em abril, e com o retorno dos MC's HC. Precursores do subgênero miami rock — um híbrido de hip hop, hardcore e metal —, o grupo formado no bairro carioca de Irajá se destacava na década de 1990 por shows extravagantes, pelo figurino inspirado nos personagens do seriado "Chaves" e por seu som pesado. Nos intervalos, o cultuado DJ Marcelinho da Lua mantém o clima festivo.

No Circo Voador, o Hardcuore fez sua segunda edição. Na primeira, realizada em São Paulo, em novembro passado, juntou Dinho Ouro Preto (do Capital Inicial), Edgard Scandurra (Ira!), Edu K (Defalla), Ultraje a Rigor, Badauí (CPM 22), Lucas Silveira (Fresno), NX Zero, Cachorro Grande, entre outros. Com informações do site OGlobo.

11 de mar de 2016

Festival Abril Pro Rock divulga atrações de sua 24ª edição

Saiu a programação oficial do Festival Abril Pro Rock 2016. Na 24ª edição, o evento ocorrerá nos dias 29 e 30, no Baile Perfumado, não Prado,  Zona Oeste do Recife, e no Classic Hall, em Olinda, na Região Metropolitana.

O festival começa sexta-feira (29), no Baile Perfumado. No palco, a nova música brasileira dos anos 2010: Alice Caymmi, Tiê, Filipe Catto, Graxa, Jéf, além de dois nomes do interior pernambucano: Em Canto e Poesia e Pierre Tenório, de São José do Egito, e Belo Jardim, respectivamente. A noite também conta com a apresentação da banda Os Transtornados do Ritmo Antigo.

O sábado (30) terá a tradicional noite do heavy metal. Subirão aos palcos do Classic Hall  três atrações internacionais; Malevolent Creation (EUA), Warrel Dane (EUA) e Evil Invaders (Bélgica). Bandas consagradas da cena brasileira também se apresentam: Viper e Korzus.  Nesta mesma noite, Robertinho do Recife mostra músicas do seu clássico disco “Metalmania”.

FESTIVAL - O Abril Pro Rock é um dos festivais independentes mais relevantes do País por sempre reunir jovens artistas e bandas novas ao lado de clássicos e expoentes de uma nova música produzida no Brasil. “Nunca perdemos a característica de apostar nos novos, tanto nos que adquiriram projeção nos últimos anos, quanto nas apostas anuais do próprio Festival, como por exemplo: Johnny Hooker, Barbara Eugênia, Tulipa Ruiz, Marcelo Jeneci, Felipe Cordeiro, Karina Buhr, Daniel Groove, Almério e muitos outros”, destaca Paulo André Pires, idealizador do Festival.


Além dos dois dias de shows, o festival apresenta uma ampla programação paralela, a exemplo da Mostra Pôster Arte Design na sua quinta edição, que vai ocupar o Museu de Arte Moderna Aloísio Magalhães (MAMAM), e a 7ª edição das Oficinas de Formação. Os ingressos custam R$ 35 (meia), R$ 45  +  1kg  de  alimento  não  perecível (social)  e R$ 70. Com informações do G1.

25 de fev de 2016

Nando Reis, Paula Toller, Paralamas e Pitty anunciam turnê juntos

Uma big turnê nacional está para acontecer. O rock nacional será homenageado em uma série de sete shows com os artistas Nando Reis, Herbert Vianna e os Paralamas do Sucesso, Paula Toller e Pitty. As apresentações fazem parte da edição deste ano do projeto Nivea Viva!, que anualmente reúne nomes da música para uma turnê ao redor do país.

O anúncio foi feito em coletiva de imprensa na última terça-feira (23/02). Todos os shows ocorrem ao ar livre e têm entrada franca. Em 2016, o rock nacional será homenageado, em vez de um artista específico. Elis Regina (em 2012, com shows de Maria Rita), Tom Jobim (em 2013, com shows de Vanessa da Mata) e Tim Maia (em 2015, com shows de Criolo e Ivete Sangalo) já foram lembrados no projeto. Em 2014, outro gênero musical foi celebrado, o samba, com shows de Roberta Sá, Diogo Nogueira, Alcione e Martinho da Vila.

As apresentações vão acontecer em sete capitais brasileiras. Começa em Porto Alegre no dia 3 de abril, e segue para Rio (10/04), Fortaleza (15/04), Salvador (22/05), Brasília (5/06) e São Paulo (26/06). Os lugares, porém, ainda serão confirmados. Com informações da Assessoria.


21 de fev de 2016

Supercombo reúne fãs em noite quente em Porto Velho

Supercombo: carisma, talento, caras e bocas
(Por Mary Camata) Uma noite – quente - e emocionante na capital Porto Velho aconteceu na última sexta-feira (19/02). A banda de rock capixaba Supercombo tocou pela primeira vez para os fãs de Rondônia.

Os capixabas que tiveram grande destaque nacional quando se apresentaram no programa Superstar – onde não foram selecionados para a final - nem imaginavam o sucesso que teria a rápida passagem pela capital rondoniense. “Eu não fazia a menor idéia de que em 2016 estaríamos chegando à região Norte do Brasil, conhecendo Porto Velho e descobrindo que a gente tem fãs por aqui. Ficamos muito felizes. Isso é o termômetro que a gente usa para ver se nosso trabalho está legal e que está indo bem”, disse o vocalista da banda, Léo Ramos, antes do show.

A banda que abriu a noite do Circuito SOMA #9 foi a novata O Masso, seguida pela banda também da capital Par de Sais que já arrasta fãs fiéis para suas apresentações com letras na ponta da língua. A primeira surpresa da noite veio do anúncio oficial de um dos organizadores dos eventos do Circuito SOMA, Douglas Diógenes, que anunciou estar indo embora de Rondônia, deixando o legado dos eventos do grupo para seus companheiros de guerra, Rafael e Iury, emocionando os amigos da equipe.

A entrada da banda Supercombo e a quantidade de fãs que lotaram o Grego surpreendeu não só a organização do evento como a todos os integrantes da banda que ficaram extasiados com o tamanho do sucesso que já fazem no estado.  “Não esperava que a gente tivesse tantos fãs. Ficamos muito tempo em estúdio ou viajando então só temos a noção da dimensão do sucesso quando a gente chega para nosso show. Ficamos muito surpresos”, disse a baixista da banda Carol Navarro e o tecladista, Paulo Vaz.

Com os fãs gritando em alto som todos os seus grandes sucessos, Supercombo deixou claro porque é uma das principais bandas da nova geração do rock brasileiro. Tem carisma, talento, simpatia, caras e bocas para dar e vender. Depois de um show “quente” e encantador em uma casa lotada onde mal conseguíamos respirar, a banda ainda atendendo todos os fãs que esperavam para tirar fotos por mais de uma hora.

Douglas emocionado anunciou sua ida
para SP
Com a tour de “Amianto” se encerrando em março com aproximadamente 110 show, a banda contou que já prepara o lançamento do novo álbum que se chamará “Rogério”.

Circuito SOMA – Sem a equipe do Circuito SOMA que atualmente trabalha produzindo a maioria dos eventos em Porto Velho com o objetivo de levar ao público o que está acontecendo na música autoral de Rondônia e do Brasil, muitos dos shows que podemos ver nos dias atuais não estariam acontecendo. Durante muito tempo tivemos o Festival Casarão – do amigo Vinícius Lemos - que nos proporcionou por vários anos acompanhar grandes shows.

A união dos jovens Rafael Vieira, Douglas Diógenes, Iury Melo e seus amigos empenhados, não deixa a boa música autoral morrer em Rondônia e segue nos possibilitando desfrutarmos de eventos feito com garra e suor que, na maioria das vezes, acontecem sem apoio e sem patrocínios. Parabéns a toda equipe do Mosh. Tenho orgulho de caminhar ao lado de vocês acreditando nos mesmos objetivos.




15 de fev de 2016

Circuito SOMA traz Supercombo para Porto Velho


O Circuito SOMA - projeto da Mosh!Crew produtora independente de Porto Velho – traz pela primeira vez para a capital, a banda de rock capixaba Supercombo. Em sua nona edição, a organização divulgou que a banda que foi um dos destaques da última temporada do Programa Superstar, estará nesta sexta-feira (19), tocando pela primeira vez na capital.

Supercombo surgiu em Vitória (ES) e tem sete anos de trajetória. É uma das principais bandas da nova geração do rock brasileiro, com três álbuns lançados e alguns anos de história e conquistas. O primeiro disco da banda, “Festa?”, foi lançado em 2008 e produzido por Sergio Benevenuto, o segundo álbum, “Sal Grosso”, saiu em 2011, ambos pela Lua Music.

Formada atualmente por Léo Ramos (Voz e guitarra), Pedro Ramos (Guitarra e voz), Carol Navarro (Baixo e voz), Paulo Vaz (Teclado e efeitos) e Raul de Paula (Bateria), o grupo lançou, em 2014, o álbum Amianto, terceiro álbum da banda, com doze faixas inéditas que reúne o melhor do Supercombo: rock aliado a melodias e letras imprevisíveis.

Com composições bem elaboradas e empolgantes, seja nas letras e harmonias quanto nos detalhes técnicos, “Amianto” é prova do amadurecimento musical do grupo, que consolidou sua atual formação com músicos experientes e criativos, que deram ao Supercombo a força necessária para se tornar uma das principais bandas da nova geração do rock brasileiro, cujo cenário carecia de composições e arranjos originais que retratassem uma nova fase para rock nacional.

O Circuito SOMA que é um projeto da Mosh!Crew , é um evento voltado totalmente à música autoral. Durante oito edições trouxe ao palco bandas da capital como Versalle, SexyTape, KALI, Par de Sais, Os Últimos, entre outros, além de artistas nacionais como Daniel Groove e Los Porongas.

O show do Supercombo acontece na próxima sexta-feira (19), no Grego Original Pub, em Porto Velho. Dúvidas sobre os ingressos? Entre em contato com os organizadores através do e-mail contato@moshcrew.net ou na página www.facebook.com/circuitosoma. Com informações da Assessoria.

20 de jan de 2016

Titãs é a atração do Maceió Verão neste sábado

O rock vai dar o tom da festa do Maceió Verão 2016 que acontece no próximo sábado (23/01), quando os alagoanos Xique Baratinho e Big Jones recebem o rock paulista do Titãs como convidados da noite.

Com 35 anos de carreira, a banda de Paulo Miklos, Branco Mello, Tony Bellotto e Sérgio Britto é um dos grandes nomes do rock nacional e vai trazer à Maceió, na Praça Multieventos, sucessos que contam essa história.

Promovido pela Prefeitura de Maceió e patrocinado pela Braskem, o Maceió Verão é aberto ao público e os shows começam a partir das 17h, na Praia de Pajuçara. Outros grandes nomes já passaram pelo Maceió Verão esse mês como a cantora Daniela Mercury. No dia 31/01, Jonge Ben Jor encerra o Maceió Verão.