23 de jul de 2011

Back to Black - A morte prematura de Amy Winehouse

Por Mary Camata

Foi com uma tristeza enorme no coração que na tarde deste sábado li a notícia de que Amy Winehouse foi encontrada morta em Londres. “Era o que todo mundo esperava, “Já foi tarde”, “Quem mandou se drogar” foram as coisas que eu li no momento em que o Brasil e o mundo parou ao ficar sabendo da morte de uma estrela de apenas 27 anos que havia sido encontrada morta. Assim como figuras importantes na cena do rock como Jim Morrison, Janis Joplin, Jimmy Hendrix e Kurt Cobain também foram vítimas das drogas e deixaram suas vidas tão cedo.
Dona de uma linda voz, as drogas destruíram todos os sonhos da cantora Amy Jade Winehouse. Apaixonada por soul, jazz e blues, seu primeiro álbum “Frank” foi lançado em 2003 e seu segundo álbum, “Back to Black”, deu a ela cinco Grammy Awards. Amy tinha tudo pra ser uma grande cantora, e era. Porém, seus escândalos em público e seu vício pelas drogas destruíram os sonhos da menina Amy.
Os problemas de Amy com drogas e álcool foram noticias no mundo todo. Em sua primeira e única passagem pelo Brasil, Amy apareceu no palco bêbada e chegou a cair várias vezes. Em 2010, o pai de Amy chegou a noticiar na imprensa que a filha estava se tratando e se recuperando das drogas. Lembro de assistir um vídeo dela falando que estava em tratamento e que voltaria aos palcos em breve. Mas ela não conseguiu vencer as drogas e tem gente que acha que isso é motivo pra comemorar. O triste é ver como as pessoas são ignorantes a ponte de comemorarem a morte da cantora. Gente, o que aconteceu com a Amy foi à mesma coisa que acontece com o menino lá no morro carioca ou com aquele seu vizinho alcoólatra. Ela foi vítima do mesmo mal que está em todos os lugares do mundo matando gente e atingindo pessoas de todos os tipos de classes, chamado droga.
Pra quem não conhece a história de Amy, quando ela era criança, Winehouse e seu irmão viam seu pai espancar sua mãe, ficava calada e sofria muito. Como várias pessoas, Amy tinha problemas em casa desde criança e não soube superar isso e a fama só contribui para que se afundasse dentro de seus medos e conflitos. Amy errou muitas vezes igual a tanta gente erra e faz as coisas escondidas, voltando pra casa como se nada tivesse feito.

Amy Winehouse é nada mais nada menos do que um ícone que não soube aproveitar seu melhor momento. Amy virou escrava das drogas. Amy era uma mistura confusa de vários estilos, passando ao mesmo tempo uma imagem de mulher forte e desprotegida, às vezes parecia uma mulher, às vezes parecia a sua própria caricatura. Ela não fazia média, não fingia ser o que não era. Amy nos deixa com a sensação de que estamos de volta ao luto na música. “Black to Back”.

9 comentários:

Diego Mariolo disse...

Simples assim... o mundo perde mais um notável nome da música mundial... para um inimigo em comum à todos nós. As drogas. Não só para as drogas... para a depressão e esse mundo "cão come cão" em que vivemos. Descanse em paz... Amy!

Lícia Amarantes disse...

Ah, quanta tristeza no meu coração! Genialidade e uma super voz é o que ela tinha! E não se tem nada pra comemorar, é o q acontece com muita gente perto da gente, quantos amigos nossos estão nesse caminho. É triste mas é uma realidade! E ela foi até onde aguentou!!! O que fica é alembrança da voz maravilhosa!!!

Aline Castro disse...

Grande voz!Boa música! E lá perdemos mais um! Mas a música continua aí! Intacta, nos bons tempos em q a droga ainda não havia carcomido sua genialidade. Enorme perda!

celio disse...

Amy Winehouse viveu do jeito dela,ser era certo ou errado,cada um interprete como quiser,mais ela viveu intensamente tudo dentro da sua normalidade, é o que importa,pelo menos tinha coragem de ser do jeito dela,o que muitos não têm.

celio disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Alynne Viana disse...

Foi muito sincero seu artigo! mas é uma pena oq aconteceu com ela ela foi vítima de um inimigo chamado "DROGA" e o pior de tudo q existem pessoas que ñ entendem isso,isso é uma doença
Amy era uma pessoa boa e talentosa
é muito triste msmo...eu sei pq eu convivo com uma pessoa assim q é mais uma vítima dessa maldita...mas eu tenho esperança q ele vai sair dessa.
Que a Amy descanse em paz!

dé.bochado disse...

sem palavras.
ela ñ podia ter deixado agente naum viw. a MELHOR CANTORA DO MUNDO jah era, peninha, peguei seu blog na comu da amy, c tiver afim duma parceria

http://drehluvz.blogspot.com

Linhas disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Hugo Nofx disse...

Olá Mary Janne! Eu gosto muito dos discos da Amy e vou continuar a ouvi-los vezes sem conta.
beijinhos.