3 de ago de 2009

Festival Casarão realiza prévia em Ji-Paraná e em Porto Velho


No último final de semana, O Festival Casarão 10 ano, que tem data prevista para acontecer em setembro, fez o lançamento do evento em duas cidades. Na última quinta-feira (30), na Big´s Wiskeria, em Porto Velho, o espaço ficou pequeno para o tanto de gente que compareceu ao evento para conferir o show da banda portovelhense Miss Jane que abriu a noite de lançamento do evento. O organizador do evento, Vinicius Lemos, falou da satisfação em receber um público tão grande na prévia do Festival: “ Foi muito bom receber uma casa cheia de gente. A banda Los Porongas não tocava em Porto Velho há 3 anos e o público queria muito ver. Estamos muito felizes em ver que no lançamento do Festival já começamos a fazer história com esses 10 anos”, disse Lemos. A banda acreana Los Porongas que foi a atração principal da noite, seguiu para o lançamento do Festival Casarão em Ji-Paraná, nesta sexta-feira (31).

JI-PARANÁ - Em Ji-Paraná, a Noite Fora do Eixo realizou o lançamento do Festival Casarão no Original Bar na sexta-feira (31). O palco foi pequeno para a apresentação dos acreanos da Los Porongas que cantaram seus sucessos acompanhado da grande presença de palco do vocalista Diogo que encantou a todos que estavam presentes. A noite teve abertura com a banda ji-paranaense Di Marco que será a única banda da cidade a se apresentar no Festival Casarão que acontece no período de 04 a 06 de setembro, no Clube Mirante 2 e Meio, em Porto Velho.

LOS PORONGAS – O vocalista da banda Los Porongas, Diogo Soares, falou sobre a volta da banda ao estado de Rondônia onde sempre são muito bem recebidos: “ Nós ficamos muito felizes em podermos estar de volta a Rondônia, tocando em duas cidades. O que fez a gente retornar, foi acreditar em nossas músicas e ver o quanto as pessoas estavam com saudade. É gratificante ver todo mundo cantando com a gente. Cada momento foi emocionante”, disse Diogo.
Diogo ainda falou sobre o amadurecimento da banda com o passar do tempo. “As idéias estão sempre mudando, o mundo muda e nós precisamos estar sempre evoluindo dentro daquilo que é positivo. Após a passagem rápida por Rondônia, a banda segue para alguns shows no Acre, cidade natal da banda.