11 de mar de 2014

Fernanda Takai enfrenta intempéries na capa de seu álbum

Concebido a partir de uma imagem de 1885 do fotógrafo japonês Kusakabe Kimbei que a cantora recortou de uma revista e pelo estúdio Hardy Design (com a colaboração do designer João Marcelo Imediato,) o projeto gráfico tem como ponto de partida uma narrativa fantástica; conta a história de uma mulher comum que sai de casa em busca de seu destino: conhecer-se melhor e adquirir superpoderes. Por isso, ela passa por diversos momentos de preparação até esse papel final. “A ideia foi usar uma linguagem gráfica que pudesse traduzir o ecletismo e a riqueza do repertório do disco. Neste sentido, trabalhamos uma imagem com várias camadas e materiais, distorcendo proporções e criando uma cena com um certo surrealismo inspirado no título do álbum. Mesclamos objetos em miniatura, imagens impressas e texturas para conseguir uma riqueza de detalhes e uma profundidade na imagem que não seria possível se tivéssemos fazendo uma montagem digital.

A montagem lembra os "pop-up books", os livros tridimensionais, que tem relação com a técnica de origami de dobradura de papel.” – conta a diretora de criação Mariana Hardy. Cynthia Massote, uma das diretoras, complementa: “Primeiro, fotografamos a Fernanda caracterizada como uma "gueixa" contemporânea usando roupas da Sonia Pinto, que dialoga diretamente com o Japão em suas criações. Depois imprimimos sua foto e todos os demais itens do cenário para a montagem da cena e adicionamos os elementos reais, como o letreiro do título do álbum e as bolas de algodão que faz às vezes da avalanche de neve. As maquetes foram construídas por Ulisses Tavares, do grupo Giramundo e as fotos são de Bruno Senna. A ideia final era que a capa fosse compreendida como uma manipulação da artista sobre o seu próprio momento ou cenário, como se pode ver no verso”.

O cd “Na Medida do Impossível” será lançado dia 18 de março mas já está disponível em pré-venda no iTunes. 

Nenhum comentário: