26 de mai de 2008

Tudo que você queria saber sobre a banda Toatoa

Em uma conversa pelo msn surgiu a idéia de fazer uma matéria bacana com perguntas a serem respondidas pela Banda Toatoa. logo abaixo você confere o resultado:

Banda Toatoa
O TOATOA foi formado a partir da saída do vocalista Jonny do extinto grupo Ostheobaldo. Além dele, a banda conta em sua formação com: Fabiano Pacheco e Marcus Bart nas guitarras, Marcelo Monte no Baixo e BumBs na Bateria. Em seus 2 álbuns: “Homem não Chora” e “Na Mão Do Palhaço”, o grupo desfila um rock ora ensolarado e praiano, ora crítico e ácido. Nas letras, fica fácil perceber, tanto pela escolha dos temas, quanto pelas abordagens, à visão peculiar do vocalista Jonny, já conhecido pelas composições “amem ou odeiem” da sua antiga banda Ostheobaldo, ou das parcerias com seus antigos companheiros, hoje no Tihuana. Pra quem não sabe, ele é parceiro do grupo em várias músicas em quase todos os seus discos, como: “Pula”, “Praia Nudista” e “Tropa De Elite”, estas do primeiro álbum da banda que vendeu mais de 100 mil cópias.
As músicas do ToaToa, como “Duro”, “100% eu” e “Homem não chora”, fizeram parte da programação normal de algumas rádios pelo país, como a Brasil 2000FM de São Paulo, toda a rede de rádios Globo Fm, além de várias web rádios, rádios comunitárias e execuções em programas específicos de Rock como o Frente da Rede OI FM , por exemplo.O grupo já se apresentou por vários dos mais emblemáticos palcos e eventos do Rio, do Circo Voador às Lonas Culturais, passando pelo Garden Hall, Arcos da Lapa e Olimpo. Vencedores do Festival Entropia e do Festival Plugado, a banda também costuma se apresentar com freqüência em outros estados. Além de várias passagens por diversas casas de SP, destacam-se as 3 passagens pelo Festival de Alegre no Espírito Santo, onde chegaram a tocar para mais de 40 mil pessoas em uma só noite. Somam-se a esse festival o Grito Rock em Cuiabá e Demo Sul em Londrina, ambos em 2007.
Esse ano, o Toatoa fez uma participação na novelinha teen Malhação, da rede Globo, onde tocou três músicas do mais recente trabalho da banda.
A banda acabou de sair do estúdio e finalizar o seu segundo CD, que deverá se chamar: “Na Mão Do Palhaço”, mesmo nome da faixa que abrirá o disco. Neste novo trabalho, o ToaToa promete vir ainda mais abrangente, tanto em termos rítmicos, harmônicos e melódicos, como em relação às letras, explorando uma variedade maior de temas e abordagens.
Porque o nome Toatoa?
Eu (Jonny) fiz parte de uma banda chamada Ostheobaldo, que durou de 1996 até 1999, quando saí da banda. Já tinha uma idéia do que eu queria fazer e com quem gostaria de tocar esse projeto. Voltei de SP pra o RJ, compusemos umas músicas e no mesmo ano gravamos uma demo. Voltei pra fazer uma "correria" por SP com essa gravação, mas a banda ainda não tinha nome. Quando cheguei na Rádio Brasil 2000 com o trabalho, eles curtiram, toparam tocar e deram a idéia de fazer uma promoção pra escolher o nome da banda do "ex-vocalista d'Ostheobaldo". A música "Acende a vela" tocou bastante, chegou a ser bem pedida pelos ouvintes e a promoção foi um sucesso. A galera mandou tanto nome que a gente não conseguiu nem ver todos,rs. No fim ganhou "Toatoa" porque a ouvinte que sugeriu, mandou uma justificativa bem legal, que eu já não lembro exatamente o que era, óbvio, rs. Mas a gente achou muito legal a percepção que ela tinha tido do nosso som na época. Ah! o nome dela eu lembro, era Viviane.

Como foi para vocês participarem da Malhação?
Foi bacana, sem muito aluguel. Foi até divertido. A gente já tinha conseguido fazer nossas músicas chegarem até o produtor musical do programa (Rogério Vaz), mas não deu em nada. Um dia rolou de colocar duas músicas num curta metragem dirigido pelo João Boltshauser, chamado "N.R.A", no qual ele também estava dando uma bola A partir daí, talvez ele tenha ouvido nosso trabalho com mais atenção, então quando surgiu a oportunidade da participação na novela, ele chamou.

Onde vocês gostariam de tocar ?
Qualquer lugar que tenha um mínimo de estrutura pra gente mostrar nosso trampo. A gente não tem muita frescura com relação a nada, mas um mínimo de estrutura é básico. Então não tem essa de escolher muito não! Às vezes um show pequeno rende muita coisa bacana, e outros maiores não dão em nada. É muito relativo e imprevisível.

Por que a banda Toatoa não pôde se apresentar no Festival Casarão Ano IX?
A gente adora fazer esses festivais. O clima de festival é ótimo. O encontro com outras bandas, conversas com jornalistas, público e tudo mais. Já fizemos o festival de Alegre (ES) 3 vezes, fizemos Grito Rock em Cuiabá, o Demo Sul em Londrina, só pra citar alguns. No Grito e no Demo Sul a gente bancou nosso trasporte, sem problemas, porque vale a pena, como valeria pro Casarão também. O lance é que agora pro Casarão faltou grana. A gente tá pagando a prensagem do nosso CD que deve ter chegado da fábrica quando essa matéria sair, estamos gastando pra tentar fazer nosso primeiro vídeo clipe, site novo, merchandise e lançamento do disco. Tentamos vários apoios e patrocínios pra viabilizar a viagem,mas não rolou. No fim só deu pra chorar, mas agora a gente já tá conformado.

Qual o nome da musica de trabalho e qual a musica preferida da banda?
Deve ser mesmo "na mão do palhaço", que também é o nome do disco.Esse negócio de música preferida é complicado, isso depende muito da fase que a gente tá, e a rotatividade é grande, rs. Mas a música que a gente tá compondo no momento é sempre a preferida, só perde pra próxima, rs

Quais os planos da Toatoa em 2008?
Conseguir esticar nossa grana pra tentar fazer tudo que eu falei aí em cima, (prensagem do nosso CD , nosso primeiro vídeo clipe, site novo, merchandise e lançamento do disco) e nunca mais precisar faltar a um festival como o Casarão, rs.

Foto: arquivo Toatoa / Texto: Maryjanne

Nenhum comentário: