26 de set de 2013

Bandas que não acabam nunca: Charlie Brown Jr

Faz tempo que não resenho uma banda que tenha acabado, mas que ao mesmo tempo, vai continuar fazendo sucesso. Pois é. Desta vez não conseguiria escrever sobre outro grupo que não fosse o Charlie Brown Jr.

A banda de Santos conhecida pelo rock misturado com hardcore, surf music, reggae, rap e a inconfundível voz do Chorão sempre com seu skate onde quer que fosse, acabou recentemente da forma mais trágica que poderia acontecer. No mês de março de 2013, o vocalista Chorão foi encontrado morto em seu apartamento, causando um choque nos fãs e na imprensa. A triste notícia abalou muito os músicos da banda Charlie Brown Jr, porém, após um período de reclusão, os músicos resolveram continuar com a banda na intenção de preservar as músicas e as ideias de Chorão, além de atenderem aos milhares de pedidos de fãs, resolveram lançar “A Banca”.

O que ninguém imaginava é que seis meses após a morte de Chorão, o vocalista da nova banda A Banca, grande amigo de Chorão, o ex-baixista do grupo Charlie Brown Jr, Champignon, cometeria o suicídio, deixando família, amigos, banda e fãs. Era o fim de tudo.

Banda com estilo próprio, com letras de crítica à sociedade e exaltando o amor em suas composições, o Charlie Brown Jr andava afastado dos holofotes da mídia. O último trabalho da banda, Música Popular Caiçara, lançado em 2012, tinha um show bacana, porém, não teve muitas músicas emplacando nas paradas de sucesso que estavam voltadas para as novas bandas do mercado. Este último álbum foi o último trabalho da banda lançado para comemorar os 20 anos de carreira do grupo.

Na semana da morte do vocalista Chorão, O Charlie Brown Jr dominou a lista de compras do iTunes no Brasil. No top 10 das músicas mais compradas da semana, a banda apareceu em nono lugar das 10 posições. Sete discos da banda chegaram a ficar entre os 200 mais vendidos no iTunes Brasil. A banda emplacou músicas em trilhas de novelas, teve música na abertura da malhação e tocou em vários grandes festivais de música do Brasil.

O que mais incomodou aos fãs da banda foi o silêncio repentino. Logo após a morte de Chorão, os fãs tinham a nova banda para se consolarem e em poucos meses, viram tudo desabar novamente. O Charlie Brown Jr que vendeu mais de cinco milhões de discos deixa uma legião de fãs sem resposta e com o coração cheio de saudades.

Um comentário:

Junior Meira disse...

Mas não é o fim... Já está em fase de ensaios a banda TAMO AÍ NA ATIVIDADE, com Thiago Castanho, Marcão, Graveto na bateria e Heitor Gomes no Baixo.