13 de mai de 2011

Sobre a Twitcam do rock

Olá. Hoje eu vim aqui falar um pouco sobre mim e sobre a Twitcam do Rock. O que começou como uma mera distração minha em dias tediosos, compartilhando músicas que gosto de ouvir, hoje começa a se tornar um movimento cada vez mais forte. A Twitcam do Rock é o hit do momento. Sendo acompanhada por pessoas de vários estados e países como Bolivia, Portugal e Argentina, as pessoas estão ficando cada dia mais viciada, isso mesmo, viciadas em Twitcam do Rock.

Eu não tenho mais paz, e gosto muito disto. As pessoas me elogiam, me criticam, me pedem conselhos musicais, me mandam boas dicas e participam ativamente da Twitcam do Rock. Mas não é de hoje minha paixão pelo rock and roll. Sou jornalista e já fiz assessoria de imprensa de alguns festivais de rock em Rondônia, estado que eu moro. Eu amo, eu sinto, eu escrevo sobre rock. Talvez eu tenha esta intimidade com o rock por eu já ter sido vocalista de uma extinta banda de meninas que sonhavam simplesmente em tocar. Já senti um palco, já perdi a voz em ensaios, já tremi e me arrepiei vendo uma galera me acompanhando cantar e acreditem, mesmo não sendo famosa já dei autógrafo e tirei fotos com pessoas que gostam do meu trabalho.

Algumas pessoas acham que eu sei tudo sobre rock e ficam bravas quando não conheço a banda que elas indicam. Outras, me xingam quando perguntam a minha opinião e eu digo não gostar da banda que elas idolatram. Foi bem difícil enfrentar o começo da Twitcam do Rock. Pela maioria das Twitcans serem de mulheres que expõe o seu corpo totalmente sem trocar às vezes nenhuma palavra, não foi uma e nem duas vezes que tive que agüentar muitas pessoas grotescas acompanhando nosso canal do rock. Às vezes davontade de desistir, as vezes da nojo e até vergonha de pensar que as mulheres ao invés de se valorizarem perdem seu precioso tempo se transformando em um “objeto sexual virtual”. E quem paga por isso somos nós que queremos propagar boas idéias e que saímos de empata foda da história.

Mas a Twitcam do Rock tem um outro lado muito legal. Mais do que um canal de rock and roll antigo e de boas bandas de rock que buscam um lugar na mídia, a Twitcam do Rock virou um ponto de encontro de uma galera bacana que vagava pela internet em busca de pessoas que tenham o mesmo interesse. Até onde a Twitcam do Rock vai parar? Eu ainda não sei, só sei que continuarei propagando o bom e velho rock and roll sem baixar o nível e agradeço a cada um dos rockers que não perdem um dia sequer a Twitcam do rock. A nossa saga ainda está no começo. Viva o rock and roll \o/

Nenhum comentário: