13 de abr de 2011

A arte de Insultar

*Mary Camata

Ultimamente, as pessoas andam muito sensíveis. Diria mais. As pessoas andam com os hormônios a flor da pele. Discutem por tudo, brigam por qualquer coisa e desfazem amizades por motivos torpes e infantis.
Recentemente, uma parte do DVD “A arte do Insulto” do comediante e apresentador do programa CQC, Rafinha Bastos, gerou grande polêmica em todo o estado de Rondônia. No vídeo, Rafinha Bastos fala para uma platéia sorridente sobre uma vez que veio visitar Rondônia onde nunca tinha visto tanta gente feia. A platéia ri e Rafinha Bastos continua a falar das pessoas mais feias que ele já encontrou na vida e se refere sempre ao estado de Rondônia.  Em outra parte, Rafinha diz que se o diabo for brasileiro, que deve ser de Rondônia e que deixou muitos filhos no estado. Isto gerou um grande motivo de revolta em todo o estado.

Rafinha Bastos foi ignorante? Sim,foi. Todos nós somos. A cada piada sobre loira, sobre português, sobre negros, sobre japonês, sobre baiano, sobre gordo ou magro que você riu quando escutou, que você achou engraçado e que você passou em frente, você também foi ignorante.  A cada vez que você riu de alguém que vestia uma roupa rasgada, que tinha um cabelo muito armado, que era feio ou que estava com alface no dente ou qualquer outra pessoa que você achou engraçada e riu e comentou com seus amigos, você também foi ignorante.

Os rondonienses estão tão acostumados a ter seu Estado ligado em coisas piores como bandidos, pistoleiros e traficantes que vai se incomodar com o singelo feio mencionado por um humorista? Recentemente, as pessoas estavam com medo de sair nas ruas da Capital com medo de serem assaltadas pelo povo que trabalhava nas usinas e agora esquece o “inferno” que preocupava o Estado até dias atrás ? Talvez nós fôssemos mais “bonitos” se a gente falasse que nosso estado é lindo, que não temos problemas e que aqui é lugar de gente bonita, honesta e feliz. Seria mentira.

Ignorância é levar ao pé da letra apenas o que queremos levar. Quando foi que lutamos e defendemos nosso Estado por um motivo tão justo quanto o de sermos chamados de ...Feios? Porque ninguém protesta a favor de causas que possam trazer benefícios ao Estado? Não é fácil estar no lugar dos gaúchos viados, dos baianos preguiçosos, dos cariocas vagabundos e das loiras burras não é mesmo? Rondônia não é um estado feio não. Somos lindos e perfeitos e, se você nunca cometeu nenhum tipo de insulto qualquer que seja, parabéns, você é um ser imaculado e não faz parte desta terra.

Parabéns Rafinha Bastos por fazer o povo rondoniense acordar e olhar um pouco pro seu próprio umbigo e perceber que quando falamos dos outros, não dói na gente. A gente só sente a dor, quando pisam no nosso pé.

Mary Camata é jornalista pós-graduada e editora-chefe do Jornal Correio Popular.

13 comentários:

sandro costa oliveira disse...

esse sentimento que as vezes cobros do capixabas, que so dão valor as coisas do rio e são paulo fico puto da vida quando saem do seus estados de origem e ficam metendo o pau no meu estado, sou um cara que não levo desaforo e sempre que posso pergunto, se e tão ruim aqui o que faz aqui. sim temos que dar valor o que temos sim e não adimitir que venham debochar da nossa casa.

Youssef disse...

Eu apoio a sua idéia!
Se ele tivesse falado do Acre, nós estariamos rindo eternamente...
Eu sou de Rondônia e com muito orgulho, não troco por nada! E claro, sei que não passou de uma piada assim como qualquer outra.
Quem nunca fez uma piadinha, que realmente atire a primeira pedra! :)

Ana Paula disse...

Parabéns pelo artigo!
Sou fã do Rafinha Bastos e foi uma piadinha como tantas outras são feitas com todos que vc citou. Só resta mesmo as pessoas deixarem de ser ignorantes e entender que piadas são feitas com todo tipo de gente,pq fazer só com os baianos e portugueses?
Adorei!

_maryjanne disse...

=)

Anônimo disse...

Parabens Mary...adorei seu post.

Devanil disse...

Concordo COMPLETAMENTE...

Criei uma comunidade de apoio ao Rafinha Bastos no orkut, onde criei um tópico linkando seu artigo:

http://www.orkut.com.br/Main#Community?cmm=113427358

Anônimo disse...

adoreiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii parabens maryyyyyyyy

Carol Sá disse...

Graças a Deus alguém com bom senso neste mundo! Acho tão fútil, infantil e banal discutir este comentário do cara, e fui até censurada por rir da situação, mas ainda tem gente com espírito crítico neste mundo, como vocÊ!
Amei o artigo mocinha! Parabéns!

Lícia Amarantes disse...

Vamos agradece-lo por deixar Rondonia famosa!

Anônimo disse...

O nativo de Rondônia é o índio. Dizer que o rondoniense é feio é racismo contra o índio. O que temos agora é a mistura do "melhor" do Brasil do nordeste com o "melhor" do Brasil do sudeste com o "melhor" do Brasil do Sul. Negar a beleza dessa mistura é concordar com a lógica de Hitler.

PAULO HENRIQUE GURGEL disse...

Realmente temos que aprender a conviver com as opiniões (e gracejos) das pessoas sobre nós e aquilo que amamos. Não é facil. Desdramatizar ajuda a não entrarmos no "miolo" da revolta burra, que vem ao longo da história colocando povos em guerra e desperdiçando muita energia e tempo. E ainda acontece todos os dias. É só assistir as noticias na TV para observar que humor sarcastico não ajuda, porém cabe ao "ofendido" a paciência, inteligência e a benevolência de entender as imaturidades e carências de cada um.

alan disse...

Parabéns pelo seu post!
Sou de Rondonia co m mto orgulho e nao tenho vergonha de onde eu moro!
Até agradeceria o Rafinha por ter lembrado de Rondonia!
Entendem povo de Rondonia, PIADA É PIADA! Se algumas pessoas não sabem o que é uma piada, mete o pau nele!
Ai qm vai acabar quebrando a cara é vcs! Aprendem a se socializarem, aprendem a rir, aprendem a VIVER!
Smp aparecemos na midia com uma noticia ruim, agr q eramos pra ter uma noticia BOA... Fizemos isso com o cara!! Se não aprendermos isso, podem ter ctz q vamos virar mais chacotas, e eu como um cidadão esperto vou continuar rindo, como eu ri dessa piada que ele fez!

Anônimo disse...

RESPEITO COM RONDONIA...e eu como rondoniense nao quero e nem vou me acostumar com coisas que ruins que são divulgadas de RO.
Rondonia como TODO o estado deve ser respeitado pq moram pessoas "apesar dos pesares" honestas e trabalhadoras que nao merecem estes insultos.