9 de jun de 2010

Omelete Cultural movimenta atividades no ES

Em sua terceira edição, o projeto Omelete Cultural estreia na Estação Porto nos dias 16, 17, 23 e 24 de junho. O maior coletivo de artes integradas do Espírito Santo inicia as atividades de 2010 com oficinas para alunos da rede pública municipal de Vitória, palestras, teatro, cinema, literatura e música. Entre os convidados do primeiro módulo estão os músicos Marcelo Yuka e Gabriel, O Pensador. Os dois participarão de um bate-papo com a temática “O Jovem Protagonista”, que abordará como a web 2.0 e as novas mídias atuam na produção e divulgação de conteúdos feitos pelos jovens.

Oficinas serão oferecidas para alunos da rede municipal de Vitória (ES) durante todos os dias de evento. As temáticas serão Web Rádio, Web Vídeo, Redes Sociais e Gestão Artística na Web. Este ano o coletivo atenderá cerca de 960 estudantes. Nos dias 17 e 24 acontece, além de oficinas, um grande show com integrantes do Coletivo Omelete. Artistas de diversas bandas capixabas se unem para uma apresentação especial. Entre os músicos estão Gustavo Macaco, Mozine (Mukeka di Rato), Quarteto Capixaba, Amaro Lima, Velho Scoth, Tati Wuo, Carlos Papel, Mais Astral, Amélia Barreto, MC Adikto , Alexandre Lima, Vera da Matta, Herança Negra, Bloco Bleque, Marcelo Kju e Fábio Carvalho.

Bandas novas também terão espaço e este ano as apostas são Mary Di e Números Primos. Das atrações já conhecidas pelo público capixaba, está o duo de musica eletrônica/experimental Joezee formado pelos músicos Alex Cepile e Perez Lisboa. Outras manifestações artísticas também fazem parte das Mostras Omelete 2010. Esquete teatral, lançamento de livro e exibição de curta fazem parte da programação. Bandas de alunos das escolas da rede pública também se apresentam no evento.

No lançamento do primeiro módulo, o coletivo aproveita para lançar seu portal na internet. Enquanto isso, o Omelete Cultural divulga suas atividades pelo twitter (@omeletecultural), Facebook e Orkut.

OMELETE CULTURAL - O Omelete Cultural promete muitas novidades em 2010. Depois do sucesso das duas primeiras edições, o evento vai englobar diversos projetos artísticos e sociais. A idéia é fazer do Omelete um guarda-chuva para unir artistas e agitadores culturais que estejam em atividade no Espírito Santo.

"Repaginamos o projeto, evoluímos o Omelete e hoje ele é muito mais cultural", afirma o diretor executivo do projeto, Thiago Ferrari.
Já um dos membros da curadoria artística do projeto, o músico Gustavo Macaco, explica a evolução na concepção ideológica. "Abrimos ainda mais o leque artístico. Além do diálogo entre as vertentes culturais, ampliaremos a diversidade artística. Gustavo ainda reforça: "Esse ano evoluímos a idéia de coletivo. Toda programação será feita da forma mais colaborativa. Assim, o Coletivo Omelete se torna ainda mais democrático, sempre em diálogo com outras regiões do Brasil e do mundo."
O Mostras Omelete 2010 é patrocinado pela Vivo e Sebrae e tem o apoio da Secretaria de Cultura de Vitória e TV Gazeta.

Um comentário:

Omelete disse...

massa Mary! Vlw pela divulgação! Abraço. Tatiana (assessora de imprensa do Omelete).