26 de mar de 2010

Dado Villa-Lobos, Marcelo Bonfá, Jota Quest e Dinho Ouro Preto gravam especial Renato Russo

Em homenagem aos 50 anos que Renato Russo completaria neste sábado (27), aconteceu nesta sexta-feira (26) a gravação do programa "Altas Horas", da Rede Globo, com a presença do guitarrista Dado Villa-Lobos e do baterista Marcelo Bonfá. O programa vai ao ar na madrugada deste domingo (28).

Na gravação, os integrantes remanescentes da Legião Urbana tocaram músicas clássicas do grupo com a participação de diversos convidados. Foi a primeira vez que a dupla tocou junta em um programa televisivo desde o fim do grupo, em 1996.

Ao todo foram apresentadas seis canções. O vocalista Rogério Flausino, o guitarrista Marco Túlio e o baixista PJ, todos do Jota Quest, foram os primeiros a participar da homenagem. Eles executaram o sucesso "Pais e Filhos", do álbum "As Quatro Estações", de 1989.

Depois foi a vez de Dinho Ouro Preto, do Capital Inicial, cantar "Geração Coca-Cola". O vocalista da banda fez sua primeira apresentação em público desde o acidente sofrido no ano passado. Ele comentou sobre a recuperação ainda em andamento e pediu paciência ao público caso errasse a letra da canção.

Em seguida, André Gonzales, vocalista da banda brasiliense Móveis Coloniais de Acaju, interpretou "Tempo Perdido", do disco "Dois" (1986). Logo na sequência, o uruguaio Juan Casanova cantou "Será", faixa do primeiro álbum do grupo e um dos maiores sucessos da Legião Urbana. A homenagem foi finalizada com as canções "Quase Sem Querer", interpretada pelo também uruguaio Sebastián Teysera, da banda La Vela Puerca, e "Há Tempos", cantada por Toni Platão.

O programa contou ainda com perguntas feitas pelo público. Em resposta a uma delas, Dado falou sobre a emoção de ver que a importância da Legião Urbana se mantém mesmo 14 anos após o fim do grupo. "Naquela época era só um sonho. Hoje é um sonho realizado". O músico também comentou sobre a ideia de estender a homenagem a Renato Russo com apresentações em pelo menos 7 cidades brasileiras, sempre com a presença de convidados.

50 anos de Renato

Neste sábado (27) Renato Russo completaria 50 anos de idade. O cantor e compositor morreu no dia 11 de outubro de 1996 de complicações de saúde decorrentes da AIDS. Ainda hoje, quase 14 anos após sua morte, Renato Russo mantém-se como um ídolo em todo o país. Os admiradores de sua obra fazem parte da geração que acompanhou o surgimento da Legião Urbana, ainda no começo da década de 80, e também os adolescentes de hoje, nascidos naquela época.
No sábado em que se comemora o aniversário do cantor, chega às lojas a compilação "Duetos", com gravações de Renato ao lado de nomes como Dorival Caymmi, Herbert Vianna e Leila Pinheiro. Uma das canções do álbum é "Like a Lover", dueto póstumo com Fernanda Takai que é uma versão em inglês para a música "O Cantador", composta por Dori Caymmi e Nelson Motta e gravada por Sergio Mendes nos anos 60.

Fonte: Uol

Um comentário:

Bela Lima disse...

Que máximo!
Eu mesma sou uma APAIXONADA por músicas... Amo Legião!


Obrigada pela visita no meu blog
;*