3 de mar de 2009

Macaco Bong: De Cuiabá para o mundo


Por Mari Camata

Quando se ouve falar de Macaco Bong sem nunca ter ouvido o som da banda, a idéia que temos do som é uma. Quando se ouve Macaco Bong é impossível não comentar a nítida batida marcante dos meninos que há quatro anos estão na estrada e carregam uma grande bagagem musical.
Em visita a Ji-Paraná onde tocaram no evento Skate Rock, os meninos da Macaco Bong vieram até a redação do jornal Correio Popular contar um pouco de seu trabalho e falar sobre o lançamento do primeiro cd. Perguntados sobre o fato da banda ter uma proposta de rock instrumental com conteúdo musical (mais sem vocalista), Bruno Kayapy, guitarrista da banda, na titubeou em responder: “ Não sentimos falta de ter um vocalista na banda. A gente deixa fluir o que estamos pensando e sentindo no momento que estamos compondo. Não sentimos necessidade de ter o que nunca tivemos porque nossa música se torna completa”, disse.
Baseado na desconstrução dos arranjos da música popular em seus formatos convencionais e aliada à linguagem das harmonias tradicionais da música brasileira, o Macaco Bong sempre busca nunca concretizar rótulos relativos às variedades nas vertentes dos gêneros musicais em suas composições, tudo isso aplicado tanto na estética quanto no conteúdo do rock’n’roll .

ESPAÇO CUBO - Além dos trabalhos junto à banda, os Bongs fazem parte do Instituto Cultural Espaço Cubo onde são produtores musicais e co-realizadores de eventos e festivais, como o Calango, Grito Rock e Semana da Música, produções que impulsionam a cadeia produtiva, tanto local, quanto nacional dentro do circuito fora do eixo.

TURNÊ INTERNACIONAL – A banda cuiabana que vêm fazendo show em todo o Brasil estará em breve fazendo uma turnê no Canadá. “Este mês estaremos tocando no Canadian Music Week, em Toronto, no Canadá, um festival onde várias bandas famosas do mundo estarão se apresentando. Depois seguiremos para o Texas onde vai rolar o Festival SXSW.

APOSTAS – Os Macacos apostam em talentos de Cuiabá para se destacarem na mídia nacional, a exemplo da famosa Vanguart que já tem contrato com a gravadora Universal. “A banda Lopes, de Cuiabá é uma banda bem cativante que a galera pira nos shows”, disse os meninos, além de citar outras bandas como Venial ( trash metal), Rockz e The Melt, e outros Projetos como o rapper Linha Dura e o contra-baixista Ebinho Cardoso.

CONTATOS – Para quem quiser ouvir o som da banda Macaco Bong, é só entrar no My Space da banda (http://www.myspace.com/macacobong), o e-mail da banda é o macacobong@gmail.com e o telefone para contato é o (65) 3052 – 0321.

Nenhum comentário: